Augusto Nunes Doria culpa a coluna por ter anunciado desistência de Tasso

Doria culpa a coluna por ter anunciado desistência de Tasso

Governador paulista não viu o desmentido e afasta da disputa das prévias senador cearense

Na noite deste domingo, 22 de agosto, um dos articuladores da candidatura presidencial de João Doria, garantiu a esta coluna que o senador Tasso Jereissati desistirá de disputar as prévias que escolherão o representante do PSDB na corrida rumo ao Planalto. “Ele acabou de fazer um checkup nos Estados Unidos“, confidenciou o informante. “Vai anunciar a decisão ainda neste  mês“. Como a fonte sempre me pareceu confiável, uma nota com a novidade foi publicada às 3h00 da madrugada de segunda-feira.

No começo da tarde, chegou-me o desmentido de Tasso:  está muito bem de saúde, e a decisão sobre as prévias será orientada por critérios exclusivamente políticos. Publiquei a correção às 19h02. Mais de duas horas depois, durante a entrevista concedida ao Roda viva, Dória reiterou que Tasso estava fora do páreo. A reação negativa de muitos tucanos induziu o governador a ordenar à assessoria de imprensa que transferisse a culpa para este colunista.

Doria: possível aliança com Tasso sepultada

Doria: possível aliança com Tasso sepultada

Governo do Estado de São Paulo - 23.08.2021

Divulgada nesta terça-feira, a nota oficial avisa num trecho que Doria “lamenta ter sido informado erroneamente, por meio do portal R7, em coluna assinada pelo pelo jornalista Augusto Nunes”. Linhas adiante,  o governador “pede desculpas por ter feito a menção da desistência, tomando como base a nota publicada no portal”.

Pelo visto, Doria só lê notas sopradas por seus aliados. Satisfeito com a divulgação do erro que lhe convinha, não viu a versão correta. E sepultou para sempre uma possível aliança com Tasso Jereissati.

Últimas