Gestor é isso aí

Tarcísio mostrou que a vacina da competência é mais poderosa que o coronavírus

  • Augusto Nunes | Do R7

Marcello Casal Jr/Agência Brasil - 30.03.2020

"Fechamos o ano em grande estilo", resumiu o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, no encerramento do leilão de quatro terminais portuários em Alagoas, na Bahia e no Paraná. A arrecadação de quase 90 milhões de reais em outorgas foi a prova mais recente de que a vacina da competência é mais poderosa que o vírus chinês. No ano da pandemia, foram entregues 86 obras essenciais. Nenhuma foi manchete nos velho jornais, nem viralizou nas redes sociais. Mas quem vê as coisas como as coisas são enxergou nitidamente o que pode fazer um grande gestor.

O balanço de 2020 inclui quase 1700 km de novas estradas,  ampliação de aeroportos, modernização de ferrovias, concessões de terminais, dragagem de rios, pontes, viadutos e outros avanços em todos os setores administrados pelo Ministério. Entre uma obra e outra, Tarcísio conseguiu que o Congresso aprovasse medidas de desburocratização dos portos, o Novo Marco das Ferrovias e o projeto BR do mar, que vai ressuscitar a navegação de cabotagem. Não é pouca coisa. Mas não é tudo.

Tarcísio também reduziu despesas com aluguel, emparedou a ladroagem com o programa Radar Anticorrupção e, ao encerrar em setembro as atividades da Codomar, codinome da companhia Docas do Maranhão, presenteou os brasileiros com a primeira dissolução ocorrida no governo Bolsonaro de uma empresa diretamente controlada pela União. Graças a esse desempenho, o Brasil mudou para melhor nos quatro indicadores que orientam a montagem do ranking da competitividade do Fórum Econômico Mundial.

A eficiência dos serviços aeroviários saltou 18 posições (de 85 para 67), a dos serviços portuários avançou 13 posições (de 104 para 91), a qualidade das rodovias brasileiras passou de 116 para 108 e a eficiência das ferrovias foi de 86 para 85.

O que Tarcísio já fez em dois anos é coisa de deixar ruborizados os gestores de picadeiro. Os planos para 2021 são ainda mais audaciosos. Alguém duvida que ele cumpre o que promete?

Últimas