Autos Carros [Avaliação] 500km a bordo do Creta 1.6 Pulse Plus: o mais vendido

[Avaliação] 500km a bordo do Creta 1.6 Pulse Plus: o mais vendido

SUV da Hyundai é versátil e confortável mas custa quase o preço de um crossover turbo 

  • Autos Carros | Marcos Camargo Jr

Marcos Camargo Jr

A versão mais vendida do Hyundai Creta é a versão Pulse Plus com motor 1.6 flex de até 130cv com pacote interessante de itens de série mas principalmente a garantia de cinco anos com um dos menores custos de manutenção da categoria. Assim, o R7-Autos Carros avaliou o Creta Pulse Plus por 500km em vias urbanas e rodoviárias para descobrir pontos positivos e negativos do crossover.

Motor limitado mas suficiente

Marcos Camargo Jr

Quem compra um carro com motor 1.6 aspirado não pode esperar desempenho de propulsor turbo. O Creta é equipado com a motorização 1.6 Gamma 123cv (gasolina) ou 130cv (etanol) com 16,5kgfm de torque, o mesmo usado no HB20 mas em um carro bem mais pesado. O resultado, no entanto, é um veículo com desempenho satisfatório na cidade e limitado nas retomadas de estrada mas suficiente para rodar com a família sem pressa. 

O câmbio automático de seis marchas cumpre bem seu papel e evolui conforme o giro do motor sem reduções bruscas o que resulta em conforto a bordo. Aliás esse é o ponto elogiável do Creta: espaço a bordo com 2,61m de entre-eixos. O banco traseiro tem boa inclinação e permite viagens longas sem cansar os passageiros. Só fica devendo saída de ar condicionado traseira ou pontos de recarga USB. Aliás ele tem apenas uma o que não é interessante em tempos de alta conectividade.

Espaço interno é ótimo com boa inclinação do banco traseiro que permite viajar sem incômodo

Espaço interno é ótimo com boa inclinação do banco traseiro que permite viajar sem incômodo

Marcos Camargo Jr

O silêncio a bordo é item de série no Creta onde só se percebe o ruído do motor em acelerações mais fortes que aliás são desnecessárias pois os 130cv são naturalmente limitados para empurrar os 1.296kg.

Consumo médio após viagem de 200km em percurso rodoviário: 8,9km/litro com etanol

Consumo médio após viagem de 200km em percurso rodoviário: 8,9km/litro com etanol

Marcos Camargo Jr

Em termos de consumo durante nosso teste de 500 km o computador de bordo apontou 7km/litro na cidade e 8,9km na estrada sempre usando etanol e com ar condicionado ligado. Para um carro com motor aspirado é adequado e até ligeiramente superior à média informada pela Hyundai ao Inmetro.

Pacote de itens de série é adequado ao segmento

Direção elétrica é leve e apesar dos instrumentos convencionais tudo está à mão no Creta

Direção elétrica é leve e apesar dos instrumentos convencionais tudo está à mão no Creta

Marcos Camargo Jr

O Creta Pulse Plus é bem equipado oferecendo o máximo entre seus competidores da categoria. Tem chave presencial com alarme, ar condicionado digital, multimídia de 7 polegadas, direção elétrica, retrovisores elétricos com rebatimento, sensor de estacionamento, câmera de ré, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, rodas de liga leve diamantadas de 17 polegadas com pneus 215/60 R17 e Isofix. Para os R$ 94.990,00 cobrados fica devendo itens como luzes diurnas em LED, e pelo menos mais dois airbags para ficar alinhado ao que se oferece no segmento.

O melhor negócio é a garantia

Visual é o mesmo de que ele estreou no país em 2016 e segue sem mudanças até o momento

Visual é o mesmo de que ele estreou no país em 2016 e segue sem mudanças até o momento

Marcos Camargo Jr

Analisando a ampla lista de concorrentes o Hyundai Creta 1.6 Pulse Plus é até caro pelo que oferece mas compensa pela questão da garantia. São cinco anos com revisões a cada 10 mil km com valor tabelado que varia de R$ 200 a R$ 800. Até 60.000 km o custo das revisões chega a R$ 2.000,00, bem abaixo do custo médio do segmento que é R$ 3 mil.

Painel é simplificado mas tem o essencial sem mescla de materiais mas sem requinte

Painel é simplificado mas tem o essencial sem mescla de materiais mas sem requinte

Marcos Camargo Jr

O segmento do Creta é altamente competitivo: com motor aspirado há concorrentes como o recém renovado Renault Duster 1.6, Nissan Kicks 1.6, Jeep Renegade 1.8, Citroën C4 Cactus 1.6, Peugeot 2008 1.6, além de Ford EcoSport 1.5 e Caoa Chery Tiggo 2 1.5. Isso sem mencionar modelos com motor turbo como o atual líder Chevrolet Tracker e Volkswagen T-Cross e o estreante Nivus. Na faixa de preço do Creta é possível comprar todos os concorrentes exceto o Renegade igualmente equipados e ainda embolsar algum dinheiro ou ainda versões simplificadas de crossovers turbo na faixa de R$ 90 mil sempre considerando versões automáticas. Assim, o Hyundai é um forte competidor pelo bom pós-venda da marca mas o consumidor precisa considerar outras opções antes de decidir pela compra do Creta. 

Gosta do Creta e quer ver mais detalhes? Confira o vídeo do canal Autos TV:

Últimas