[Avaliação] Chevrolet Tracker faz 10,8km/litro de gasolina: veja

Avaliação do SUV compacto da Chevrolet inclui teste de consumo feito pelo R7

Marcos Camargo Jr

Lançado em meio à pandemia do COVID-19, o Chevrolet Tracker tem sido oferecido pelo site da montadora que recebe reservas do modelo e as entregas já começaram. Com a pretensão de ser o modelo líder em vendas de um disputado segmento, o R7-Autos Carros está fazendo uma avaliação completa da versão topo de linha do crossover que é a Premier equipada com motor 1.2 turbo.

Lançamento do carro foi feito pela internet via transmissão ao vivo

Lançamento do carro foi feito pela internet via transmissão ao vivo

GM Reprodução

Zerando o odômetro do carro foi possível rodar 441 quilômetros com gasolina comum até que a luz da reserva se acendesse no painel. Ao abastecer novamente o tanque comportou 40,7 litros de combustível o que perfaz um consumo médio de 10,8 quilômetros por litro.

Chevrolet Tracker com design que remete aos crossovers maiores da marca como a nova Blazer

Chevrolet Tracker com design que remete aos crossovers maiores da marca como a nova Blazer

Marcos Camargo jr

Nosso perfil do teste foi de 90% do tempo em percursos urbanos sempre com duas ou quatro pessoas a bordo e relativa bagagem. Apenas 10% desse total percorrido foi em estrada onde o consumo instantâneo apontou cerca de 13,5km por litro rodando a uma média de 100km/h.

Interior do Tracker 1.2 turbo com bancos em couro, computador de bordo e câmbio AT6

Interior do Tracker 1.2 turbo com bancos em couro, computador de bordo e câmbio AT6

Marcos Camargo Jr

Como destaque o motor 1.2 turbo de 133 e 21,4kgfm de toque se mostra vigoroso nas acelerações e mínima vibração sentida somente nas arrancadas e acima das 3.000rpm. Em uso moderado o trabalho do propulsor Ecotec não é sentido. Durante o teste chamou a atenção o bom nível de equipamentos do carro especiamente em termos de segurança com a frenagem de emergência, alerta de mudança de faixa, teto solar parnorâmico elétrico entre outros itens.

Marcos Camargo

Ao longo destes 400 quilômetros iniciais nenhuma queixa foi reportada. Porém durante o nosso teste o sensor de monitoramento dos pneus acusou baixa pressão. Ao calibrar os pneus vimos que a informação do TPMS não procedia. O pneu Efficient Grip não estava vazio o que indica algum problema no sensor que acusa pressão baixa no computador de bordo.

Gm Divulgação

Seguimos para o próximo teste com etanol bem como a avaliação de longo prazo do Chevrolet Tracker.