Autos Carros [Avaliação] Hyundai Creta 1.0 anda bem mas custa mais que rivais

[Avaliação] Hyundai Creta 1.0 anda bem mas custa mais que rivais

Equipado e econômico traz alguns itens a mais que seus concorrentes mas preço é bem salgado

  • Autos Carros | Marcos Camargo Jr.

Resumindo a Notícia

  • Creta Platinum 1.0 turbo TGDI custa R$ 137,9 mil nesta equipada versão
  • Modelo tem entre-eixos de 2,61 m indo um pouco além dos 2,59 m do anterior
  • Consumo com gasolina foi de 11,6 km/l (urbano) e 13 km/l (rodoviário) durante o nosso teste
  • Câmbio é automático de seis marchas
Maior mudança no Creta foi o visual e, também, o motor

Maior mudança no Creta foi o visual e, também, o motor

Marcos Camargo Jr. 27.10.2021

Relançado há três meses no país o Hyundai Creta é um modelo muito bem sucedido no nosso mercado sempre presente entre os crossovers mais vendidos. Mesmo com visual polêmico ele ficou mais equipado na linha 2022 e o R7-Autos Carros avaliou por uma semana ao longo de 1.000km o novo Creta Platinum 1.0 TGDI, a versão mais equipada do SUV com essa motorização.

NOVO CRETA 2022: bonito ou feio? Com 1.0 turbo vai superar Nivus, Pulse, Tiggo 3X, Tracker e T-Cross. Veja o vídeo!

É justamente o modelo que traz mais itens alinhados ao que a concorrência oferece e mais alguns itens. Na versão testada há, por exemplo, botão giratório com controle de modos de condução (com sensíveis diferenças no nível de resposta), câmera 360° com visão de ponto cego projetado no cluster central que é digital e novos itens como multimídia Bluelink de 10,2” com espelhamento sem fio de Apple CarPlay e Android Auto além de navegação nativa, frenagem automática de emergência, freios a disco nas quatro rodas, teto solar panorâmico elétrico, bancos em couro além dos esperados controles de tração e estabilidade. Equipado mas que cobra seu preço como veremos adiante.

SUV conta com multimídia Bluelink de 10,2” com espelhamento sem fio de Apple CarPlay e Android Auto

SUV conta com multimídia Bluelink de 10,2” com espelhamento sem fio de Apple CarPlay e Android Auto

Marcos Camargo Jr. 27.10.2021

A maior mudança no Creta além do visual está no motor. Sai de linha o 1.6 aspirado tradicional (que fica presente só na versão Attitude de entrada, feita ainda com a carroceria antiga) e entra o 1.0 TGDI turbo três cilindros de 120cv e 17,5kgfm de torque acoplado ao mesmo câmbio automático de seis marchas.

Nova geração do utilitário esportivo passa a ter 4,30 metros de comprimento

Nova geração do utilitário esportivo passa a ter 4,30 metros de comprimento

Marcos Camargo Jr. 27.10.2021

O conjunto mecânico rende conforto e só mostra seu limite em altas velocidades de estrada sendo ágil e silencioso (mesmo com a vibração comum do motor) para o uso urbano e também rodoviário. Durante o tempo de teste chegamos a rodar 200km com cinco pessoas a bordo onde o peso extra não prejudicou o desempenho do Creta. O câmbio segue sendo preciso e silencioso sem trancos ou dificuldades de retomada, como ocorre em alguns carros do segmento.

Porta-malas tem capacidade de carga de 422 litros

Porta-malas tem capacidade de carga de 422 litros

Marcos Camargo Jr. 27.10.2021

Por dentro a Hyundai mostrou esmero na construção do Creta. Ainda que use plástico rígido em toda a forração interna há uma mescla de preto com marrom e boa montagem. Diferente do exterior arrojado o interior do Creta é mais retilíneo com destaque para o cluster digital e a interface da multimídia que funciona de modo conectado ao aplicativo Bluelink. A câmera de ré facilita as manobras e o manejo do câmbio tem polo que imita até mesmo modelos de segmento superior transmitindo qualidade.

Com etanol SUV marcou 9,0km/l na cidade e 9,7 km/l na estrada

Com etanol SUV marcou 9,0km/l na cidade e 9,7 km/l na estrada

Marcos Camargo Jr. 27.10.2021

Outro ponto de destaque é o espaço interno, um dos melhores do segmento. São 4,30m de comprimento, ganho de 3cm em relação ao modelo antigo. Ele tem 1,79 m de largura e 1,63 m de altura e entre-eixos de 2,61 m indo um pouco além dos 2,59m do anterior. Já o porta-malas tem capacidade de carga de 422 litros. Para transportar a família o destaque fica com o banco traseiro que tem bom acesso e bancos confortáveis, rebatimento 60/40 com  acesso ao porta-malas e destaques como a saída do ar condicionado traseira.

Modelo tem teto solar panorâmico elétrico

Modelo tem teto solar panorâmico elétrico

Marcos Camargo Jr. 27.10.2021

Além disso o casamento do motor turbo de 1 litro e o câmbio automático se revelou econômico. Com etanol ele marcou 9,0km/l na cidade e 9,7 km/l  na estrada enquanto com gasolina e 11,6 km/l (urbano) e 13 km/l (rodoviário) durante o nosso teste, números um pouco melhores que os do Inmetro.

TRACKER Premier ou CRETA Platinum 2022? Compare as duas versões topo 1.0 com preço e ficha técnica. Veja o vídeo!

A questão está no preço. O Creta Platinum 1.0 turbo TGDI custa R$ 137,9 mil nesta equipada versão. No entanto, esse valor quando comparado com rivais tais como Chevrolet Tracker 1.0 turbo, Volkswagen T-Cross 200TSI 1.0 turbo, Fiat Pulse T200 1.0, Caoa Chery Tiggo 3X 1.0 e até mesmo Nissan Kicks 1.6, Peugeot 2008, Citroën C4 Cactus 1.6 e Jeep Renegade 1.8 o Hyundai fica cerca de R$ 10 mil mais caro do que os modelos topo de linha da concorrência chegando a custar até R$ 30 mil a mais que o Tiggo 3X equipado com motor semelhante bem como o mesmo nível de equipamentos. Ainda assim o Creta Platinum mostra sua vantagem nos cinco anos de garantia e custo das seis primeiras revisões em torno de R$ 3,7 mil, uma vantagem sobre a concorrência.

Últimas