[Avaliação] MINI Cabrio é feito para acelerar quando a crise passar 

Avaliamos o esportivo da MINI à venda no país com motor turbo e dinâmica precisa que representa o melhor da marca

Mini Cabrio John Cooper Works é um legítimo esportivo de dimensões reduzidas

Mini Cabrio John Cooper Works é um legítimo esportivo de dimensões reduzidas

Guilherme Magna

A MINI, marca do grupo BMW, vem aprimorando seu portfólio embora seja um produto de nicho para os brasileiros. A dinâmica precisa, o design marcante e a conectividade já fazem parte desse DNA. Enquanto isso o pequeno esportivo Mini, cuja história começou com a fórmula de John Cooper Works que aprimorou seu motor ainda nos anos 1960 já foi astro de diversos filmes como os clássicos “Uma Saída de Mestre” e nas esquetes do personagem britâncio Mr Bean.

Visual se diferencia (e muito) das demais versões com faixas em preto e vermelho além do emblema

Visual se diferencia (e muito) das demais versões com faixas em preto e vermelho além do emblema

BMW divulgação

Depois de falarmos sobre toda a linha MINI 2020, o R7-Autos Carros, testou durante uma semana o MINI Cooper John Works Cabrio, versão conversível e esportiva da marca. 

O modelo por si só chama atenção pelo minimalismo e estilo claramente esportivo: pequeno mas ao mesmo tempo imponente traz muitos detalhes lembrando da sua raiz inglesa. As lanternas carregam o desenho da bandeira do Reino Unido, enquanto os faróis em Full-LED são marcados por um desenho circular de estilo vintage, outra marca do MINI. As rodas exclusivas da versão Cabrio são aro 18’’ e os pneus de perfomance o deixam com o visual ainda mais parrudo.

BMW divulgação

Por dentro, o carro é um espetáculo à parte. Também com diversas alusões ao Reino Unido nos detalhes do acabamento de boa qualidade. O painel tem botões que lembram os comandos dos antigos aviões caça. O cluster também traz a mesma inspiração com comandos em destaque de grandes dimensões. Com o aplicativo MINI Connected, disponível na Apple Store e Google Play Store, há diversos serviços integrados e informações sobre o carro. No entanto, só usuários de iPhone podem emparelhar o smartphone ao sistema do Mini nesta versão. 

Banco traseiro é apertado como haveria de ser em um carro com 3,86m de comprimento

Banco traseiro é apertado como haveria de ser em um carro com 3,86m de comprimento

BMW divulgação

Os bancos são em couro Alcântara e tem formato de concha, de série neste modelo esportivo. Com 3,895m de comprimento e 1,72m de largura, o Mini não é exatamente um carro familiar. Sua proposta de esportivo aliás, cai muito bem para sua "falta de espaço". Andamos com até quatro pessoas no carro, o que dificultou um pouco no conforto pois o ideal é andar com apenas duas pessoas.

BMW divulgação

Em termos mecânicos a BMW usa uma de suas melhores soluções mecânicas. Diferente das versões mais em conta que usam o 1.5 de três cilindros, o MINI Cabrio JCW adota o 2.0 16V turbo de dupla voluta de 231cv e 32,6kgfm de torque. O câmbio Steptronic de dupla embreagem dá lugar a uma transmissão de oito marchas tradicional. A suspensão é recalibrada para a esportividade e tem ajustes ao gosto do condutor, mais um item só disponível nesta versão mais cara.

Aceleramos 

Andamos com o carro por trechos urbanos e rodoviários e tivemos uma boa surpresa com o desempenho apesar da ligeira dureza da suspensão. O motor de 231cv tem alto torque e o câmbio de oito marchas se mostra impecável nas trocas especialmente no modo manual. 

BMW divulgação

Explorando melhor os modos de condução o comportamento do MINI JCW fica mais arisco com o "Sport". Os amortecedores tem outro comportamento bem como a suspensão. Mas é recomendado seu uso apenas em pista livre de bom pavimento uma vez que em situação normal o carro é muito rígido e fica ainda menos interessante na cidade com buracos e valetas tão comuns. Apesar disso, o Mini não raspou em nenhuma situação desfavorável graças à carroceria curta. Com controle de estabilidade e tração a dinâmica de condução é sempre impecável nas curvas fechadas mantendo a direção em qualquer situação. O ronco encorpado também será um bom "carona" a bordo do Mini atraindo olhares curiosos para um carro tão pequeno.

Guilherme Magna

A vida a bordo entrega emoção mas fica devendo pequenos mimos para quem paga tanto por um carro esportivo. Não há controle de cruzeiro adaptativo, bancos elétricos e outros detalhes que ele poderia ter como a conexão com smartphones Android.

Central Multimídia permite ajustes de perfi do motorista e mostra outros comandos do MINI

Central Multimídia permite ajustes de perfi do motorista e mostra outros comandos do MINI

Guilherme Magna

Em trechos urbanos registramos uma média de 11km/l e em estradas o consumo chegou a uma média de 15km/l sempre com gasolina uma vez que este modelo não é flex. Assim, único, divertido e cheio de personalidade o MINI Cooper Cabrio John Cooper Works é um legítimo representante da esportividade raíz feito para acelerar fundo tão logo passemos por esta fase difícil mas que é necessária para evitar a propagação do coronavírus.

O MINI Cabrio está disponível nas concessionárias a partir de R$ 208,9 mil.

*Com a colaboração de Guilherme Magna