Autos Carros [Avaliação] T-Cross 200TSI é a versão básica do SUV

[Avaliação] T-Cross 200TSI é a versão básica do SUV

SUV é vendido com motor 1.0 turbo de 128cv com poucos itens de série e preço a partir de R$ 112.990

Resumindo a Notícia

  • SUV é equipado com VW Play desde a versão de entrada
  • T-Cross chega com seis airbags e controles eletrônicos de estabilidade/tração
  • SUV chega equipado com motor 1.0 turbo de 128cv e câmbio de seis velocidades
O T-Cross é o símbolo de renovação da marca Volkswagen e o primeiro crossover da família nesta nova fase

O T-Cross é o símbolo de renovação da marca Volkswagen e o primeiro crossover da família nesta nova fase

Guilherme Magna

O T-Cross é o símbolo de renovação da marca Volkswagen e o primeiro crossover da família nesta nova fase. Bom de vendas, espaçoso e confortável, avaliamos a versão de entrada automática que equivale também ao modelo vendido para o mercado PCD.

O R7 Autos Carros avaliou a versão 200TSI. Ela vem equipada com motor 1.0TSi e tem preços a partir de R$ 112.990.

O visual do T-Cross não recebe modificações expressivas desde o seu lançamento

O visual do T-Cross não recebe modificações expressivas desde o seu lançamento

Guilherme Magna

O visual do T-Cross não recebe modificações expressivas desde o seu lançamento. Construido sobre a plataforma modular MQB o Volkswagen T-Cross mede 4,199 m de comprimento e 2,651 m de entre-eixos. Com esses números, o T-Cross apresenta bom espaço interno para cinco ocupantes especialmente no banco traseiro.

E por se tratar de uma versão de entrada a simplicidade é franciscana na parte interna. Por dentro o SUV apresenta excesso de plástico e completa o visual tecidos modestos nos bancos. Porém, ao sentar no volante o motorista é premiado com uma boa e confortável posição de dirigir. Auxiliando neste quesito está a barra de direção que tem ajuste de altura e profundidade.

Na linha 2021, o T-Cross ganhou o VW Play, com tela de 10,1”

Na linha 2021, o T-Cross ganhou o VW Play, com tela de 10,1”

Guilherme Magna

Na linha 2021, o T-Cross ganhou o VW Play, com tela de 10,1” e espelhamento para Android Auto e Apple CarPlay. Além disso o equipamento ainda possibilita rotear o pacote de dados do smartphone para utilizar o Waze e aplicativos de entrega, estacionamento, audiobook, entre outros a serem baixados da loja VW Play.

Por fim, para os passageiros que viajam no banco de trás, o SUV apresenta saídas de ar e duas entradas USB que são boas surpresas em um modelo de entrada.

Apesar do excesso de plástico, o T-Cross 200 TSI chega bem equipado

Apesar do excesso de plástico, o T-Cross 200 TSI chega bem equipado

Guilherme Magna

Sob o capô, o motor três cilindros 1.0 turbo de 128cv apresenta desempenho eficiente, com rápidas saídas e espertas retomadas sem deixar o giro cair muito. As trocas manuais podem ser feitas pela alavanca ou pelas aletas atrás do volante multifuncional revestido em couro e a direção elétrica é bem precisa.

Outro bom ajuste do T-Cross é na suspensão com uma calibração na medida entre firmes e confortáveis o que da ao T-Cross um bom equilíbrio que é referência no segmento.

No quesito segurança, o carro vem equipado com seis airbags (frontais, laterais e de cortina), os controles eletrônicos de estabilidade/tração e o bloqueio eletrônico do diferencial (XDS+).

Outro bom ajuste do T-Cross é na suspensão com uma calibração na medida

Outro bom ajuste do T-Cross é na suspensão com uma calibração na medida

Guilherme Magna

Claro que ficam faltando mimos como um painel mais refinado, cluster digital e itens como alerta de ponto cego e frenagem automática por exemplo mas ao menos a versão traz rodas com acabamento diamantado, freios a disco nas quatro rodas e boa multimídia.

Em um mercado tão competitivo o T-Cross tem bons concorrentes como Jeep Renegade, Chevrolet Tracker, Nissan Kicks, Hyundai Creta, entre outros. Na faixa de preço enfrenta modelos mais equipados porém seu ponto forte ainda é o desempenho e a dirigibilidade que fazem do T-Cross um modelo bem competitivo.

Últimas