Autos Carros Avaliação: T-Cross 2021 ganha discretas mudanças e brilha com motor 1.4

Avaliação: T-Cross 2021 ganha discretas mudanças e brilha com motor 1.4

Crossover é bem equipado e potente com motor turbo de 150cv mas deve acabamento melhor pelo preço que cobra

  • Autos Carros | Marcos Camargo Jr.

Resumindo a Notícia

  • Resultado visual não é carregado, mas sim equilibrado
  • Modelo tem motor 1.4TSI tem 150cv e 25,5kgfm de torque
  • Câmbio continua sendo o de seis velocidades
  • Por R$ 128 mil é um dos mais caros do segmento
SUV compacto está disponível com motores 1.0TSI e 1.4TSI

SUV compacto está disponível com motores 1.0TSI e 1.4TSI

Marcos Camargo Jr 8.02.2021

O T-Cross foi o primeiro crossover a renovar a linha Volkswagen que já conta com o Nivus e em breve terá o Taos. Prestes a completar dois anos de mercado o SUV compacto está disponível com motores 1.0TSI de 128cv e 1.4TSI de 150cv, justamente a opção do T-Cross Highline que avaliamos por uma semana já na linha 2021.

T- CROSS 2021: review da versão Highline 1.4 de 150cv - só não é mais caro que HR-V Touring. Veja o vídeo!

As mudanças são bem discretas no novo modelo. A versão topo traz nova moldura nos faróis que são em LED conferindo estilo mais sofisticado. O resultado visual não é carregado, mas sim equilibrado pois outros elementos do carro são na cor preto brilhante. Os frisos cromados das janelas também são novidade assim como o cinza presente no rack de teto.

Active Info Display torna a operação mais fácil com um toque de modernidade

Active Info Display torna a operação mais fácil com um toque de modernidade

Marcos Camargo Jr 8.02.2021

No mais, a versão mais cara do T-Cross segue bem equipada. Por dentro o Active Info Display torna a operação mais fácil com um toque de modernidade e a multimídia Volks Play de 10,1 polegadas com espelhamento sem fio agora é item de série no Crossover. Mas alguns detalhes sumiram como o cromado da chave presencial e a capa de parafuso que estão na bela roda com acabamento diamantado.

 Frisos cromados das janelas são novidades

Frisos cromados das janelas são novidades

Marcos Camargo Jr 8.02.2021

Por dentro aliás o toque de modernidade continua na mescla de materiais. No entanto o T-Cross ainda é conhecido pelo uso excessivo de plástico no painel e forrações. Com os bancos que mesclam couro claro e escuro, ele merecia algo melhor e itens como freio de estacionamento com acionamento eletrônico.

Destaque pelo espaço e desempenho

O T-Cross também se destaca pelos 2,65m de entre-eixos, o que rende bom espaço para quem viaja no banco traseiro. Diante do segmento há poucos carros com saída de ar condicionado (que nesta versão é digital) traseiro com dois pontos de carga USB. O porta malas de 420 litros é suficiente mas não é o melhor do segmento.

Modelo tem 2,65 metros de entre-eixos

Modelo tem 2,65 metros de entre-eixos

Marcos Camargo Jr 8.02.2021

O motor 1.4TSI tem 150cv e 25,5kgfm de torque o que traz desempenho acima do esperado na versão Highline. Rápido e seguro o T-Cross desenvolve bem com a versão 1.4 do motor, a mesma aliás que estará disponível em breve no Taos. Mecanicamente não houve nenhuma mudança na nova linha e o câmbio continua sendo o de seis velocidades com opção de troca manual na alavanca e nos shift paddles atrás do volante.

T-Cross desenvolve bem com a versão 1.4 do motor

T-Cross desenvolve bem com a versão 1.4 do motor

Marcos Camargo Jr 8.02.2021

O T-Cross Highline é sem dúvida bem equipado. Traz um dos melhores motores do segmento nesta versão e itens esperados como teto solar panorâmico elétrico, multimídia de última geração, Farois em LED entre outros itens. Só poderia ter mais capricho no interior e adotar soluções como o frio de estacionamento com acionamento eletrônico. Por R$ 128 mil é um dos mais caros do segmento, mas seu motor faz dele uma compra especialmente interessante. Rivaliza com Chevrolet Tracker Premier 1.2, Jeep Renegade Limited 1.8, Hyundai Creta Prestige 2.0, Nissan Kicks SL 1.6, Peugeot 2008 Griffe 1.6 THP, Caoa Chery 5X 1.5 turbo, Renault Duster 1.6 Iconic CVT e Renault Captur Intense 1.6 CVT e certamente ocupa lugar de destaque nesta versão mais potente e equipada.

Últimas