Chevrolet apresenta nova S10 e Trailblazer 2021 

Picape que fez 25 anos em 2020, traz visual próprio pra cada versão e maior nível de equipamentos

Divulgação

A Chevrolet apresentou na manhã de hoje (28), as novas S10 e Trailblazer que tem preços a partir de R$ 125.300. Com isso, a onda de renovações do segmento fica quase completa faltando apenas o lançamento da VW Amarok e Toyota Hilux que chegarão no final deste ano.

Divulgação

A GM apostou em um visual mais arrojado na dupla para a linha 2021. No visual externo pouca coisa mudou apesar de que cada versão tem um visual específico. No geral todos os modelos receberam mudanças importantes na dianteira. No caso da versão topo de linha High Country, a picape tem um novo para-choque exclusivo com a grafia “Chevrolet” em relevo na barra central. Uma outra novidade é o deslocamento da gravata dourada, para a parte inferior esquerda da grade.

Divulgação

As rodas também são novas, com visual esportivo aro 18” com bordas usinadas com os raios em preto brilhante.

Na parte mecânica nada mudou. A GM manteve os motores flex 2.5 com injeção direta de até 206cv e 27,3kgfm com câmbio manual ou automático de seis velocidades e tração 4x2 e 4x4. A motorização diesel também segue a mesma: 2.8 turbodiesel de 200cv e 51kgfm de torque. A GM fez apenas uma recalibração nos motores.

Divulgação

No quesito segurança a nova Chevrolet S10 2021 recebe seis airbags de série em todas as versões. As versões topo LTZ e High Country seguem com o alerta de colisão frontal, porém agora com com frenagem automática de emergência e detector de pedestres. Além disso, a picape ainda recebeu alerta de ponto cego e alerta de saída de faixa.

Divulgação

O Mylink também recebeu atualizações: agora a multimídia é mais rápida e tem novos grafismos, seguindo o padrão dos modelos Onix, Tracker e Cruze. Na nova S10 também será possível espelhar o celular Android Auto e Apple CarPlay mesmo sem fio. Nas versões de entrada a tela é de 7”, para LTZ e High Country a tela é de 8”. Por fim, todas as multimídias contam com sistema 4G a bordo que habilita um roteador para Wi-Fi nativo, que permite até sete dispositivos conectados. A solução já existe em modelos mais em conta como o Onix é também no Cruze.

Confira abaixo os itens de cada versão: 

Chevrolet S10 Advantage 2.5 4x2 MT: seis airbags, alerta de pressão de pneus, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas, faróis de neblina, computador de bordo, capota marítima, rodas de 16", direção elétrica, ar-condicionado, travas e vidros elétricos, chave tipo canivete, controle de velocidade de descida, acabamento em tecido, sistema multimídia MyLink 3, 4G a bordo e serviço OnStar. Preço: R$ 125.390

Chevrolet S10 LT 2.5 4x2 AT e 2.8 4x4 AT: Advantage + alarme, maçanetas na cor do veículo, piloto automático, detalhes em prata no interior, coluna da direção com regulagem de altura, retrovisores elétricos, sensor de estacionamento traseiro e câmera de ré. Preço: R$ 141.990 e R$ 187.590

Chevrolet S10 LTZ 2.5 AT (4x2 e 4x4) e 2.8 4x4 AT: LT + alerta de colisão frontal com detector de pedestres, alerta de saída de faixa, luz diurna em LED, interior com detalhes cromados, estribos laterais, rack de teto, rodas de 18", volante em couro, acendimento automático dos faróis, ar-condicionado automático, retrovisor fotocrômico, retrovisor externo com rebatimento elétrico, partida remota, sensor de chuva, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, MyLink com tela de 8" com espelhamento sem fio e banco do motorista elétrico. R$ 156.690 e R$ 206.190

Divulgação

Chevrolet S10 LS 2.8 4x4 MT: seis airbags, controles de tração e estabilidade, alerta de pressão dos pneus, rodas de aço de 16", assistente de partida em rampas, computador de bordo, ar-condicionado, direção elétrica, vidros e travas elétricos, controle de velocidade de descida e som com Bluetooth e USB. R$ 169.200

Chevrolet S10 High Country 2.8 4x4 AT: LTZ + para-choque dianteiro exclusivo, santantonio exclusivo, acabamento interno em alumínio polido, rodas de 18" exclusivas. R$ 213.290

*Por Guilherme Magna