Com visual polêmico novo Hyundai Sonata Hybrid chega aos EUA

Montadora afirma que sedã tem autonomia para rodar 1.100 quilômetros com um tanque de combustível 

Lançado em fevereiro em um dos últimos Salões de Automóveis de 2020, o de Chicago nos EUA, o Hyundai Sonata Hybrid acaba de desembarcar em versão final no país com preços a partir de US$ 27.750, ou R$ 155.400 em conversão direta, sem impostos. Com isso o modelo sul-coreano fica posicionado entre o Honda Accord que tem preços a partir de US$ 25.620 e Toyota Camry Hybrid de US$ 28.430.

Divulgação

No novo Sonata, a Hyundai seguiu o padrão de design mundial com a dianteira “boca de tubarão” e linhas elegantes na lateral do carro com estilo ascendente. Na parte traseira as lanternas são em formato de bumerangue com linhas que cruzam toda a tampa traseira. O arrojo no desenho pelo visto será seguido no grupo Hyundai como já visto no SUV Venue que deve inspirar o nosso Creta.

Divulgação

Um detalhe positivo do Sonata é o baixo coeficiente de arrasto, apenas 0,24. Diversos itens colaboram para esse número; as rodas de liga leve mais aerodinâmicas, o spoiler traseiro e as aberturas de ar ativas contribuem para a eficiência do carro bem como o desenho fluido.

Divulgação

O sedã de luxo sul-coreano é equipado com motor 2.0 a gasolina de 152cv e 19,7 kgfm de torque, combinado a um propulsor elétrico e 51 cv, que somados totalizam 195cv combinados.

Divulgação

Segundo a montadora o carro proporcionará 21,2 km/l na cidade e 22,9 km/l na estrada para uma média de 22,1 km/l. Vale lembrar que o Sonata híbrido é oferecido no mercado norte-americano desde 2013.

*Com a colaboração de Guilherme Magna