Autos Carros Conheça os produtos que você não deve usar para desinfetar o carro

Conheça os produtos que você não deve usar para desinfetar o carro

Algumas soluções podem danificar acabamento, manchar e prejudicar o funcionamento de alguns itens: veja como fazer

  • Autos Carros | Marcos Camargo Jr

Free Pik

Em meio à pandemia do coronavírus algumas dicas para a limpeza e desinfecção do carro são importantes para manter a boa saúde e evitar o contágio dentro do automóvel. Mesmo com a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) para que os cidadãos fiquem em casa, e com o reforço dos governos locais, usar o carro é fundamental para ir ao mercado, à farmácia ou ao médico.

Free Pik

Mas na hora de fazer a limpeza interna e evitar o contágio do coronavírus além da proliferação de vírus e bactérias alguns produtos não devem ser usados sob pena de prejudicar o acabamento interno e danificá-lo de forma permanente. Limpar o carro é preciso e você pode fazer com produtos específicos ou simplesmente com água e sabão. Veja o que não usar nesta tarefa:

1. Água e sabão são recomendados mas nem todos. O ideal é usar detergente neutro. Não use produtos como sabão em pó que tem outros tipos de tensoativos e podem manchar o carro e prejudicar o acabamento do carro.

SXu.xu

2. Solventes não devem ser usados sob nenhuma hipótese. Esses produtos são vendidos como querosene, removedor e outros agentes que podem danificar plásticos e carpetes de forma permanente. Esses produtos são efetivos para pisos mas não para o seu carro.

3. Álcool de posto? Jamais. Sabemos que todos os produtos derivados de alcool estão em falta como o recomendado alcool gel. O etanol ou álcool de posto contém solventes e aditivos que não devem entrar em contato com superfícies como couro e plástico do interior do automóvel.

Evite usar produtos de cozinha para a limpeza do carro: há produtos específicos ou água e sabão

Evite usar produtos de cozinha para a limpeza do carro: há produtos específicos ou água e sabão

SXu.xu

4. Limpadores de cozinha e desengordurantes. A fórmula destes produtos varia muito mas de qualquer forma é importante evitar o contato destes produtos que são desenvolvidos para limpar aço, granito ou pisos, com o carro. O acabamento do carro é delicado e requer agentes neutros de limpeza. 

5. Cuidado com álcool puro. O álcool puro também requer cuidado. Primeiro que esse produto é altamente inflamável. Limpar o carro sob o sol e usar álcool é algo que deve ser evitado. O álcool deve ser usado na sua fórmula de limpeza e com auxílio de pano úmido para limpar volante, botões dos vidros e alavanca do câmbio. Mas com cuidado porque o excesso de álcool pode ressecar plásticos e não deve ser usado nos bancos de couro. 

Produtos em spray são efetivos na limpeza e protegem contra contágio do coronavírus

Produtos em spray são efetivos na limpeza e protegem contra contágio do coronavírus

Turtle wax

Para a limpeza interna o produto mais recomendável é a solução de água e sabão neutro com auxílio de esponja para limpeza e remoção com pano seco. É preciso limpar carpetes, bancos, teto, laterais e painel. Outra alternativa à solução são os produtos em spray para limpeza de carpetes e partes internas dos veículos. Eles contém um pouco de amoníaco e ao aplicar devem ser removidos rapidamente com um pano seco. Estes produtos não encharcam e removem germes, bactérias e vírus que estejam sobre as superfícies. 

Últimas