Autos Carros Fiat 500e: testamos a nova geração do clássico

Fiat 500e: testamos a nova geração do clássico

Ágil, eficiente elegante o compacto elétrico da Fiat é diferente mas custa caro para os nossos padrões: veja a avaliação

  • Autos Carros | Marcos Camargo Jr.

Resumindo a Notícia

  • Modelo tem motor de 118 cv
  • Carro tem autonomia média de 320 quilômetros
  • Novidade faz de zero a 100 km/h em 9 segundos
  • Baterias tem 42 kWh
Fiat mantém suas linhas de estilo vintage fluídas

Fiat mantém suas linhas de estilo vintage fluídas

Marcos Camargo Jr. 17.09.2021

Na reestreia do Fiat 500e o mercado brasileiro recebeu apenas a versão elétrica. Trata-se de uma nova vida para o clássico que estreou em 1957 como alternativa para a nova mobilidade das famílias europeias com um conjunto eficiente, moderno e de custo reduzido de combustível. De certa forma essas características permanecem vivas no Fiat 500e oferecido em versão única no Brasil por salgados R$ 239 mil.

FIAT 500e elétrico custa R$ 239 mil  é mais caro que um Compass 4x4 diesel. Veja o vídeo!

Com a nova proposta o comprador do 500e, que é fã do design e da atualidade premente do projeto, tem “a última palavra em mobilidade da Europa” que cobra seu preço. Em termos de design o Fiat mantém suas linhas de estilo vintage fluídas com a nova dianteira com o emblema estilizado “500”, rodas de 15 polegadas e traseira destacada do hatch diminuto que tem apenas 3,62m de comprimento, 1,68m de largura e 1,52m de altura. Feito basicamente para duas pessoas comporta quatro com alguma generosidade ao avançar os assentos dianteiros. O porta-malas é mínimo: 185 litros.

Porta-malas tem capacidade de 185 litros

Porta-malas tem capacidade de 185 litros

Marcos Camargo Jr. 17.09.2021

O acabamento em geral é muito bom com destaque para o painel pintado na cor do carro, as duas telas digitais e a separação do tabelier em relação ao console central o que até aumenta a sensação de espaço. Uma pena não ter ajuste de altura no cinto de segurança que incomoda os mais altos.

Modelo tem 3,62 m de comprimento, 1,68 m de largura e 1,52 m de altura

Modelo tem 3,62 m de comprimento, 1,68 m de largura e 1,52 m de altura

Marcos Camargo Jr. 17.09.2021

Mas ele anda bem?
Em comparação com os antigos modelos a combustão – e no Brasil a Fiat chegou a vender 40.000 unidades do 500 – o novo 500e é bem forte. Conta com motor elétrico de 87kWh equivalente a 118cv e autonomia média de 320km com baterias de 42kWh. O 0-100km/h prometido é de 9s.

Acabamento em geral é muito bom com destaque para o painel pintado na cor do carro

Acabamento em geral é muito bom com destaque para o painel pintado na cor do carro

Marcos Camargo Jr. 17.09.2021

Confortável e ágil, o motor elétrico rende emoção ao volante e praticidade para o dia, algo que não mudou com a nova geração. Ao acionar a ré, a câmera de alta resolução é ampla e tem boa visualização noturna o que também ajuda.

Uma pena não ter ajuste de altura no cinto de segurança que incomoda os mais altos

Uma pena não ter ajuste de altura no cinto de segurança que incomoda os mais altos

Marcos Camargo Jr. 17.09.2021

Com entre-eixos curto exige um tempo para se acostumar às reações rápidas e os solavancos atenuados pela boa suspensão apesar da pouca altura em relação ao solo. Para carregá-lo, o ideal é ter um wallbox em casa e será preciso pagar à parte pelo equipamento. Em casa foi possível carregar o 500e em 4 horas, como promete a Fiat mas em postos de alta voltagem (85kW) a recarga de 80% da bateria é feita em 35 minutos ou 50km de autonomia em apenas 5 minutos.

Bancos tem bom acabamento

Bancos tem bom acabamento

Marcos Camargo Jr. 17.09.2021

Equipamentos de carro grande
Diferente da antiga versão o Fiat 500e se diferencia pela boa lista de equipamentos. Ele conta com sistema de assistência à condução com frenagem de emergência, reconhecimento de obstáculos, alerta de saída de faixa, monitor de fadiga e também alertas de segurança diversos. Apesar da leitura de placas de trânsito, o 500e erra em boa parte do trajeto e emite alertas de 60km/h em pistas expressas por exemplo. Mas é possível ajustar ou mesmo desligar o sistema. Também exige que o motorista esteja com as duas mãos ao volante mas também falhou algumas vezes.

Carro tem rodas de 15 polegadas

Carro tem rodas de 15 polegadas

Marcos Camargo Jr. 17.09.2021

O som é de boa qualidade, há sistema de navegação nativo, espelhamento para sistemas Apple CarPlay e Android Auto além de sistema de carregamento por indução em um compartimento no painel que tem como easter egg a linha de horizonte da cidade de Turim, na Itália, onde ele é produzido.

Em casa foi possível carregar o 500e em 4 horas

Em casa foi possível carregar o 500e em 4 horas

Marcos Camargo Jr. 17.09.2021

Interessante? Sim, pena ser tão caro
O Fiat 500e concorre diretamente com o Renault Zoe, que já testamos, em termos de porte e autonomia mas também em preço. Sem dúvida o 500e é muito tecnológico e altamente conectado trazendo equipamentos disponíveis em carros nacionais que já custam R$ 200 mil. No entanto, em conversão direta, o 500e disponível no Brasil equivale a versão Icon, topo de gama na Itália, que sai por R$ 170 mil em conversão direta mas os impostos altos além do custo de transporte e nacionalização elevam (e muito) a proposta de valor do compacto elétrico. Interessante e prático sem dúvida, mas ainda mostra que carro elétrico é coisa para o futuro mais distante considerando as condições do Brasil.

Últimas