GM resgata versão LTZ para o Cruze

Versão será intermediária na gama do sedã e manterá o motor 1.4 turbo

Motor segue o mesmo 1.4 turbo de até 153cv

Motor segue o mesmo 1.4 turbo de até 153cv

Chevrolet/Reprodução

O mercado de sedãs médios atualmente é dominado pelo Toyota Corolla, líder do segmento e Honda Civic. Porém, outros modelos como o Cruze tem grande importância nessa lista ao lado do Jetta e do Arrizo 6. Pensando nisso e tornando o modelo ainda mais competitivo, a GM acaba de anunciar que a versão LTZ voltará a gama com direito a visual diferenciado com pára-choques exclusivo para a versão e rodas aro 17’’ com visual escurecido.

CRUZE VAI SAIR DE LINHA E VIRAR MONZA? Veja avaliação do Sport6 hatch e minha opinião. Veja o vídeo!

A versão entra no lugar da Premier 1, e ficará posicionado entre a versão LT e Premier. De série o sedã vem equipado com MyLink com tela de 8" com Apple CarPlay e Android Auto, 6 airbags, controles de tração e estabilidade, ar-condicionado automático, retrovisores externos com rebatimento elétrico, OnStar, 4G com WiFi nativo, computador de bordo com tela colorida e partida por botão com chave presencial, entre outros itens. 

Cruze 2020 com Wi-Fi A BORDO? Como funciona? Veja o vídeo!

Sob o capô, o motor segue o mesmo 1.4 turbo de até 153cv e 24,5 kgfm de torque ligado a um câmbio automático de 6 marchas.

Chevrolet ainda não divulgou os preços da linha 2021

Chevrolet ainda não divulgou os preços da linha 2021

Chevrolet/Reprodução

Apesar de divulgar as versões e lista de equipamentos, a Chevrolet ainda não divulgou os preços da linha 2021. Atualmente os valores são:

Chevrolet Cruze LT - R$ 114.800
Chevrolet Cruze Premier 1 (LTZ) - R$ 126.590
Chevrolet Cruze Premier 2 - R$ 137.600

O Cruze é produzido na Argentina e exportado apenas para o Brasil. Além de Toyota Corolla e Honda Civic, outros concorrentes diretos são: VW Jetta, Caoa Chery Arrizo 6 e Kia Cerato.

*Em colaboração Guilherme Magna

Últimas