Autos Carros Honda CG 160 lidera vendas em março com mais de 29 mil unidades compradas

Honda CG 160 lidera vendas em março com mais de 29 mil unidades compradas

Segunda mais vendida foi a Honda Biz com mais de 15 mil unidades emplacadas

Resumindo a Notícia

  • Terceira mais emplacada foi a Honda Pop 110i com 10.961 unidades negociadas
  • Com 9.459 unidades adquiridas a NXR 160 ficou na quarta colocação
  • Quinta mais comercializada foi a PCX 150, que teve 3.724 unidades licenciadas
  • CB 250F Twister, que teve 3.393 unidades compradas, ficou na sexta posição
Honda CG 160 teve 29.742 unidades vendidas

Honda CG 160 teve 29.742 unidades vendidas

Honda/Divulgação

Segundo dados de vendas divulgados pela Fenabrave, a Honda CG 160 manteve a liderança de vendas com 29.742 unidades emplacadas no mês passado. A segunda mais comprada foi o Honda Biz com 15.492 unidades licenciadas. A terceira mais emplacada foi a Honda Pop 110i com 10.961 unidades negociadas. Veja o ranking.

Honda Pop 110i teve 10.961 unidades negociadas

Honda Pop 110i teve 10.961 unidades negociadas

Honda/Divulgação

Da quarta até a sexta posição só ficaram motocicletas da Honda. Portanto, com 9.459 unidades adquiridas a NXR 160 ficou na quarta colocação. Já a quinta mais comercializada foi a PCX 150, que teve 3.724 unidades emplacadas. Logo atrás ficou a CB 250F Twister com 3.393 unidades compradas.

Honda vendeu 3.724 unidades da PCX

Honda vendeu 3.724 unidades da PCX

Honda/Divulgação

A Yamaha YBR 150 e a Yamaha Fazer 250 foram a sétima e a oitava colocadas, uma vez que ficaram empatadas com 3.135 unidades. A nona mais vendida foi a XTZ 150 com 2.986 unidades vendidas. Fecha o ranking a Yamaha YS 150 Fazer com 2.916 unidades negociadas.

Top 10 mais vendidas
1 – Honda CG 160 – 29.742
2 – Honda Biz – 15.492
3 – Honda Pop 110i – 10.961
4 – Honda NXR 160 – 9.459
5 – Honda PCX 150 – 3.724
6 – Honda CB 250F Twister – 3.393
7 – Yamaha YBR 150 – 3.135
8 – Yamaha Fazer 250 – 3.135
9 – Yamaha XTZ 150 – 2.986
10 – Yamaha YS 150 Fazer – 2.916

*Em colaboração Felipe Salomão

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas