Autos Carros Kawasaki informou que só venderá motos elétricas a partir de 2035

Kawasaki informou que só venderá motos elétricas a partir de 2035

Marca já planeja lançar dez modelos eletrificados e híbridos até 2025

Resumindo a Notícia

  • Kawasaki revelou que continuará a trabalhar com motos movidas com hidrogênio
  • Medida abrange exclusivamente o Japão, Estados Unidos, Canadá, Austrália e, também, Europa
  • Empresa não divulgou quando pretende vender motocicletas elétricas no mercado brasileiro
Marca não revelou nenhuma informação sobre as novas motos

Marca não revelou nenhuma informação sobre as novas motos

Kawasaki/Divulgação

As fabricantes de motocicletas já fazem planos para um futuro eletrificado. A mais nova a anunciar que irá para esta direção é a Kawasaki, que só venderá apenas motos elétricas a partir de 2035. Além disso, a marca já tem planos para lançar dez modelos eletrificados e híbridos até 2025.

Empresa não divulgou quando pretende vender motocicletas elétricas no mercado brasileiro

Empresa não divulgou quando pretende vender motocicletas elétricas no mercado brasileiro

Kawasaki/Divulgação

Contudo essa medida abrange exclusivamente o Japão, Estados Unidos, Canadá, Austrália e, também, os países europeus. A empresa não divulgou quando pretende vender motocicletas elétricas no mercado brasileiro e sul-americano.

Medida abrange exclusivamente o Japão, Estados Unidos, Canadá, Austrália e, também, os países europeus

Medida abrange exclusivamente o Japão, Estados Unidos, Canadá, Austrália e, também, os países europeus

Kawasaki/Divulgação

Em relação às motos movidas com hidrogênio, a Kawasaki revelou que continuará a trabalhar com essa tecnologia, uma vez que ela possibilita ter som e vibrações de um motor a combustão, o que para a marca é importante para manter a diversão e a experiência de pilotar de um modelo com gasolina.

*Em colaboração Felipe Salomão

Últimas