Autos Carros Mercedes EQS preparado pela Brabus tem autonomia de 614 km

Mercedes EQS preparado pela Brabus tem autonomia de 614 km

Modelo ganhou mudanças visuais e manteve motor elétrico de 329 cv

Resumindo a Notícia

  • Com mudanças o arrasto aerodinâmico caiu em 7,2%
  • Rodas são de 20 ou 22 polegadas com design Monoblock Z
  • Versão oferecida no Brasil tem autonomia de 586 km com uma carga no ciclo WLTP
Modelo ganhou detalhes em preto na grade frontal

Modelo ganhou detalhes em preto na grade frontal

Brabus/Divulgação

Lançado no Brasil no mês passado por R$ 1.350.900, o Mercedes-Benz EQS ganhou preparação da Brabus. Por conta disso, ganhou mudanças visuais e passou a ter 614 km de autonomia. O conjunto mecânico elétrico teve a potência de 329 cv mantida.

NOVO Mercedes EQS 53 AMG elétrico com 658cv e que custa R$ 1,3 milhão agora no BRASIL. Veja o vídeo!

No visual, o Mercedes-EQS preparado pela Brabus ganhou detalhes em preto na grade frontal, que passa a ter a logomarca da preparadora e não da marca alemã. Também ganhou rodas mais esportivas com acabamento escurecido de 20 ou 22 polegadas com design Monoblock Z. Ainda há spoiler de fibra de carbono na dianteira para melhorar a estabilidade do sedã. A traseira recebeu a logomarca da preparadora e defletores. 

Traseira recebeu a logomarca da preparadora e defletores

Traseira recebeu a logomarca da preparadora e defletores

Brabus/Divulgação

A Brabus ainda ajustou a suspensão pneumática do Mercedes-EQS, que pode rebaixá-lo em até 1,5 cm na dianteira e 2,5 cm na traseira. Com isso, é possível diminuir o arrasto aerodinâmico em 7,2%, o que confere um aumento da autonomia de 586 km para 614 km.

Interior manteve o padrão tecnológico da versão convencional

Interior manteve o padrão tecnológico da versão convencional

Brabus/Divulgação

O Mercedes-Benz EQS 450+ preparado pela Brabus não teve mudanças mecânicas. Portanto, foi mantido o motor elétrico de 329 cv. Já a versão vendida no Brasil a AMG EQS 53 4MATIC+ tem motor de 658 cv com torque de 96,9 kgfm. A autonomia é de 586 km com uma carga no ciclo WLTP. Segundo a montadora, é possível fazer de zero a 100 km/h em apenas 3,4 segundos e atingir a velocidade máxima de 250 km/h.

*Com a colaboração Felipe Salomão

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas