Motoboys devem ter cuidado redobrado ao fazer entregas: veja

Rotina de higienização deve incluir limpeza da moto, smartphone, capacete e evitar o toque ao entregar mercadorias

SXu.xu

O Brasil tem cerca de 5,5 milhões de entregadores de mercadorias segundo dados da Fipe (Fundação Instituto de pesquisas econômicas). Em tempos de pandemia os serviços essenciais passam necessariamente por esta categoria de profissionais vinculados às plataformas. Só na Eu Entrego são 100 mil profissionais cadastrados.

Nesta época de pandemia empresas divulgam boas práticas para evitar o contágio. A Uber Eats, por exemplo, abriu uma página na internet com informações sobre os cuidados caminho também seguido pelo iFood. A Eu Entrego divulgou algumas dicas de procedimento de saúde:

Plataforma digital Eu Entrego divulga dicas de higiene e proteção para evitar contágio por COVID-19

Plataforma digital Eu Entrego divulga dicas de higiene e proteção para evitar contágio por COVID-19

Eu Entrego Divulgação

Listo abaixo esses cuidados:

1. Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar álcool em gel;
2. Evitar tocar nos olhos, nariz e boca e, quando necessário, higienizar as mãos com sabão ou álcool em gel;
3. Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
4. Não compartilhar alimentos, utensílios, copos, toalhas e outros;
5. Ao realizar uma coleta no galpão, evitar contato físico ao cumprimentar outras pessoas e mantar distância de 1 metro a 1,5 metro;
6. Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência, especialmente o volante e câmbio do veículo

Sobre o veículo e os itens obrigatórios

Limpeza inclui o veículo, o smartphone e os itens usados no dia a dia

Limpeza inclui o veículo, o smartphone e os itens usados no dia a dia

SXu.xu

Especialistas também recomendam a higienização constante das telas de smartphones usadas para a comunicação com a plataforma e, às vezes, com o cliente. A limpeza deve ser feita com álcool isopropílico e não com álcool comum que danifica o plástico e acrílico. Outro procedimento extra nesta rotina é a limpeza do capacete com álcool: viseira, articulação e também a parte interna com água e sabão ou espuma de limpeza. Ao chegar em casa, a roupa de proteção deve ser retirada e lavada ou higienizada. Sapatos ou botas devem ficar do lado de fora de casa. Itens como luva e outros acessórios também não devem ficar em casa evitando a contaminação.