Autos Carros Nova geração do BMW X1 tem opções de motor a combustão, híbrido e elétrico: veja

Nova geração do BMW X1 tem opções de motor a combustão, híbrido e elétrico: veja

Novidade foi revelada hoje na Europa e chega ao Brasil em 2023 incluindo versão elétrica com 313cv e 400km de autonomia

Resumindo a Notícia

  • Motor a gasolina de 1.5 litro entrega 136 cv e 2.0 litros turbo rende 204 cv
  • Modelo contará com duas opções a diesel de 2.0 litros turbo de 150 e 197 cv
  • Já propulsor elétrico rende 313 cv
  • Configuração elétrica pode andar até 400 quilômetros com uma carga de bateria
Dianteira conta com grade do duplo rim e para-choques em formato de “L”

Dianteira conta com grade do duplo rim e para-choques em formato de “L”

BMW/Divulgação

A BMW divulgou hoje na Europa a nova geração do crossover X1, modelo mais compacto da marca que traz pela primeira vez as três opções de motorização: a combustão, híbrida e 100% elétrica somando um total de sete opções na gama. Com a promessa de lançamento no Brasil em 2023 a novidade ganha ainda um novo design, mais alinhado aos modelos de maior porte da marca, e ferramentas inéditas de conectividade.

Lanternas traseiras têm formato de "C" e sobrepõem a tampa do porta-malas

Lanternas traseiras têm formato de "C" e sobrepõem a tampa do porta-malas

BMW/Divulgação

Mais anguloso e com traços retos, o destaque fica por conta da grade do duplo rim, os parachoques em formato de “L” também presente nas lanternas, a coluna C com janela reduzida e vincos extras na lateral do carro bem como novos desenhos de rodas que mudam conforme a versão do BMW X1.

Modelo mede 4,50m de comprimento, 1,84m de largura e 1,64m de altura

Modelo mede 4,50m de comprimento, 1,84m de largura e 1,64m de altura

BMW/Divulgação

Apesar de ser um modelo compacto o X1 é considerado um médio para os nosso padrões ficando levemente maior. São 4,50m de comprimento, 1,84m de largura e 1,64m de altura. Nas imagens divulgadas se nota que a amplitude da cabine melhorou sensivelmente na nova geração.

Versão elétrica pode rodar até 400 quilômetros com uma carga

Versão elétrica pode rodar até 400 quilômetros com uma carga

BMW/Divulgação

O painel, superfícies e soluções também são novos na parte interna. Seguindo a inspiração no iX com console central flutuante e com vão livre no meio do carro, o painel do X1 é novo abrigando porta-latas, porta objetos e carregador de celular. As saídas de climatização estão na porção central do painel.

Motorização elétrica entrega 313 cv

Motorização elétrica entrega 313 cv

BMW/Divulgação

No painel há duas telas integradas: o painel de instrumentos, que também traz gráficos parecidos com o que já vimos no iX 100% elétrico, assim como a multimídia ao lado levemente voltada para o motorista. Em termos de entretenimento, segundo a imagem divulgada há opção de som premium assinado pela Harman Kardon com 12 alto falantes.

Painel de instrumentos traz gráficos parecidos com o iX

Painel de instrumentos traz gráficos parecidos com o iX

BMW/Divulgação

Na parte mecânica este é o primeiro carro da BMW com as três soluções de motorização disponíveis para escolha do consumidor: há duas opções com motor a gasolina 1.5 (136cv) e 2.0 (204cv) turbo além de duas opções diesel 2.0 turbo (150 ou 197cv).

Modelo traz carregador de smartphone por indução

Modelo traz carregador de smartphone por indução

BMW/Divulgação

Apesar de anunciadas, as opções híbrida Plug-in e elétrica ainda não foram totalmente reveladas mas serão mais três opções no portfólio do X1. Durante o anúncio oficial a BMW apenas disse que o modelo elétrico chega no fim do ano como versão xDrive30 com motor elétrico de 313cv e autonomia aproximada de 400km por recarga.

Versão híbrida traz motor 1.5 turbo e outro elétrico, que entregam 326 cv

Versão híbrida traz motor 1.5 turbo e outro elétrico, que entregam 326 cv

BMW/Divulgação

Os modelos híbridos virão denominados como xDrive30e (326cv) e xDrive25e (245cv) sempre com motor 1.5 turbo (o mesmo da versão a combustão de entrada) combinada com motor traseiro elétrico. No modo elétrico os modelos híbridos serão capazes de rodar entre 78 e 89km no modo puramente elétrico usando pack de baterias com 14,2kWh.

Bancos traseiros são bipartidos, o que facilita carregar diversos tipos de objetos no interior do veículo

Bancos traseiros são bipartidos, o que facilita carregar diversos tipos de objetos no interior do veículo

BMW/Divulgação


Há opções com pacote M de acabamento, suspensão adaptativa (derivada também da divisão esportiva da marca) e itens como controle de cruzeiro adaptativo, sistema My BMW App que permite controle do carro e monitoramento à distância.

BMW iX tem 523cv e 630km de autonomia: O SUV DO FUTURO! Autos Tv com Marcos Camargo. Veja o vídeo!

Os preços do BMW X1 variam muito conforme o país a ser comercializado e também as versões disponíveis mas o preço do modelo de entrada fica em torno de 40 mil euros, em torno de R$ 200 mil enquanto a versão elétrica partirá de 55 mil euros, cerca de R$ 280 mil (com impostos e eventuais subsídios para carros elétricos não incluídos). A BMW do Brasil já oficializou o X1 para 2023 no Brasil mas não especificou quais serão as versões oferecidas aqui nem se o modelo irá substituir de imediato o X1 fabricado em Araquari/SC.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas