Autos Carros Novo Lada Niva pode voltar ao Brasil pela Renault: veja

Novo Lada Niva pode voltar ao Brasil pela Renault: veja

Crossover terá plataforma CMF-B do grupo Renault e promete manter atributos como tração 4x4: marca já divulga projeção 

Volta da Lada, cuja proprietária é a Renault com 67% das ações, deve voltar como divisão de modelos 4x4

Volta da Lada, cuja proprietária é a Renault com 67% das ações, deve voltar como divisão de modelos 4x4

Renault Divulgação

Durante o anúncio de um programa de reestruturação global a Renault anunciou que irá focar em segmentos mais lucrativos de mercado. Isso pode significar tanto o fim do Kwid e também dos compactos Sandero e Logan e foco em modelos mais caros começando pelo Mini Crossover Kiger. Mas um veículo chamou a atenção durante a apresentação do Renaulution ao mercado: uma nova geração do Lada Niva.

Projeção devidamente clareada do modelo mostra desenvolvimento inicial do crossover

Projeção devidamente clareada do modelo mostra desenvolvimento inicial do crossover

Renault divulgação

Ocorre que a Avtovaz, tradicional fabricante russa que detém 20% daquele mercado, irá lançar uma segunda geração do robusto modelo que foi vendido aqui entre os anos de 1990 e 1997.

Agora usando a plataforma CMF-B, o novo Lada Niva ainda está em desenvolvimento e só deve chegar em 2024 mas suas chances de estreia aqui são bem grandes.

Com pequenas mudanças o Lada Niva ainda é produzido na Rússia: lançamento ocorreu em 1976

Com pequenas mudanças o Lada Niva ainda é produzido na Rússia: lançamento ocorreu em 1976

Lada Avtovaz/Divulgação

E por que aventamos essa possibilidade? A plataforma CMF-B dará origem ao SUV médio Bigster que será lançado aqui no Brasil conforme a própria marca já confirmou. Assim, as chances de termos o Niva de volta são bem grandes ao lado do futuro Bigster, Kiger, além do Duster e Captur.

Renault/Reprodução

“O lançamento do novo Niva em 2024 irá marcar uma data importante para s Lada na Rússia e também abrir novos horizontes para a marca” disse Yves Caracatzanis, CEO da Avtovaz Group durante a apresentação do Renaulution.

Esperam os fãs que este carro seja tão resistente quanto o antigo Niva que foi lançado em 1976 na Rússia e fez sucesso em todos os países onde era comercializado.

Últimas