Autos Carros Renault Kwid 2022: testamos as novas versões do compacto

Renault Kwid 2022: testamos as novas versões do compacto

Mais equipado, compacto da Renault evoluiu na lista de equipamentos e no design

  • Autos Carros | Marcos Camargo Jr.

Resumindo a Notícia

  • Motor 1.0 rende 68cv e 9,4 kgfm de torque com gasolina e 71cv e 10 kgfm com etanol
  • Modelo ganhou uma multimídia de 8 polegadas com espelhamento via Apple CarPlay e Android Auto
  • versão de entrada Zen é vendida por R$ 59.890
  • Configuração topo de linha Outsider pode ser comprada por R$ 68.690
Modelo tem novas luzes diurnas em LED

Modelo tem novas luzes diurnas em LED

Marcos Camargo Jr. 21.01.2022

Após o lançamento do Renault Kwid, ontem, o R7-Autos Carros teve um contato de aproximadamente três horas a bordo do subcompacto para provar suas principais mudanças. Em pauta: o novo design agradou seu público? Ele ficou mais confortável e com melhor acabamento? Os novos equipamentos lhe renderam mais conectividade?

KWID 2023 EVOLUIU MESMO? Você pagaria até R$ 67 mil por ele? É melhor quero Fiat Mobi? Veja o vídeo!

Antes vale lembrar que o Kwid mudou por inteiro. Ou quase isso. Ganhou uma nova dianteira com grade ampliada ainda fiel ao seu desenho e seu porte alto e estreito. Abrigou novas luzes diurnas em LED, novo desenho nas lanternas, novas rodas e calotas aro 14 e interior com novo painel digital com melhor contraste e multimídia de 8 polegadas com espelhamento via Apple CarPlay e Android Auto além de comandos de voz.

Renault promete até 15km/l em percurso urbano rodando com gasolina

Renault promete até 15km/l em percurso urbano rodando com gasolina

Marcos Camargo Jr. 21.01.2022

Outra mudança, esta “invisível”, fica por conta da recalibração do motor. É o mesmo 1.0SCe três cilindros aspirado mas que agora conta com sistema de alternador pilotado que evita forçar a carga da bateria nas acelerações e teve relações alteradas o que promete diminuir a vibração do carro. O motor agora rende 68cv e 9,4 kgfm de torque com gasolina e 71cv e 10 kgfm com etanol, melhora sensível, mas que não recebeu variados de fase ou a calibração do Sandero que rende até 82cv. Fica para uma próxima.

Vale dizer que os 68/71cv do motorzinho dão conta do recado

Vale dizer que os 68/71cv do motorzinho dão conta do recado

Marcos Camargo Jr. 21.01.2022

Agora o Kwid 2023 está disponível em três versões excluindo do catálogo a Life de entrada: Zen por R$ 59.890, Intense por R$ 64.190 e Outsider de R$ 68.690. Mas...

Motor 1.0SCe teve uma recalibração interna, mas não ganhou variador de fase

Motor 1.0SCe teve uma recalibração interna, mas não ganhou variador de fase

Marcos Camargo Jr. 21.01.2022

E na prática?
O R7-Autos Carros esteve presente em um evento destinado a um público restrito enquanto a Renault apresentava o Kwid em uma Live. Não houve qualquer mudança nas dimensões e na percepção de porte do carro e exatamente o mesmo mas sem dúvida a nova dianteira fez a diferença.

Novos comandos deram um ambiente mais sofisticado ao Kwid

Novos comandos deram um ambiente mais sofisticado ao Kwid

Marcos Camargo Jr. 21.01.2022

Os novos para-choques parecem ter elevado o Kwid mas os números mostram que não houve mudança no conjunto da suspensão. O citadino da Renault seguirá, portanto, com seu foco urbano após essa mudança.

Modelo ganhou uma central multimídia de 8 polegadas com conexão com Android Auto e Apple CarPlay

Modelo ganhou uma central multimídia de 8 polegadas com conexão com Android Auto e Apple CarPlay

Marcos Camargo Jr. 21.01.2022

Por dentro apesar do painel ter a mesma estrutura os novos comandos deram um ambiente mais sofisticado ao Kwid. A multimídia melhorou mantendo a interface do sistema Media Evolution e agora responde aos comandos de voz e a visualização da câmera de ré ficou mais ampla na tela. O ponto de carga USB saiu da moldura do aparelho e agora está na parte inferior, no console, onde sempre deveria estar.

Kwid continua bem espartano no acabamento

Kwid continua bem espartano no acabamento

Marcos Camargo Jr. 21.01.2022

Mas o Kwid continua bem espartano no acabamento. Os plásticos até ganharam novas texturas, acabamento cromado no puxador interno e black piano na saída do ar condicionado.

Não houve qualquer mudança nas dimensões

Não houve qualquer mudança nas dimensões

Marcos Camargo Jr. 21.01.2022

O motor 1.0SCe teve uma recalibração interna mas não ganhou variador de fase. Assim, nesta primeira experiência, não foi possível sentir nenhuma diferença além de uma reduzida vibração no seu funcionamento. Vale dizer que os 68/71cv do motorzinho dão conta do recado e agora a Renault promete até 15km/l em percurso urbano rodando com gasolina.

Bancos contam com detalhes em azul

Bancos contam com detalhes em azul

Marcos Camargo Jr. 21.01.2022

Mais equipado na versão Intense
Essa versão além de ter os equipamentos da Zen traz central multimídia de 8 polegadas com conexão com Apple CarPlay e Android Auto, rodas de 14 polegadas com calotas em duas cores, retrovisores elétricos, chave canivete, câmera de ré, comando de som na coluna de direção, lanternas traseiras em LEDs, além dos opcionais teto bicolor e rodas de liga leve de 14 polegadas.

Modelo é vendido por R$ 59.890 na versão Zen

Modelo é vendido por R$ 59.890 na versão Zen

Renault/Divulgação

São itens de série os DRLs, quatro airbags, direção elétrica, ar-condicionado, travas elétricas, vidros dianteiros elétricos, sistema Star/Stop, monitoramento de pressão dos pneus, abertura interna do porta-malas, painel de instrumentos em LED, computador de bordo, controle de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas, além de freios ABS e sistema Isofix para fixação de cadeirinhas.

Modelo passa a contar com computador de bordo digital

Modelo passa a contar com computador de bordo digital

Renault/Divulgação

E o preço?
Certamente o Kwid evoluiu muito no quesito equipamentos e conectividade. Mas manteve sua simplicidade e característica urbana. Com preço a partir de R$ 59,9 mil, a versão avaliada neste primeiro contato foi a Intense de R$ 64,1 mil. Seu maior (ou menor conforme o ponto de vista) concorrente é o Fiat Mobi que está na mesma faixa de preço disputando atenção do consumidor na faixa inicial de preços dos caros modelos à venda no mercado nacional.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas