Autos Carros Renault mostrará novo Kangoo elétrico semana que vem na França

Renault mostrará novo Kangoo elétrico semana que vem na França

Utilitário tem autonomia de 300 km e vem equipado motor de 90 kW (122 cv)

Resumindo a Notícia

  • Ainda não há informações se a empresa pretende trazer esse carro ao Brasil
  • Marca vende por aqui o Renault Kangoo Z.E.Maxi
  • Modelo conta com novas baterias de íons de lítio com capacidade de 45 kWh
  • Renault ainda informou que é possível utilizar três tipos de carregadores para carregar a bateria
Com carregador rápido de 80 kW em corrente contínua é possível recuperar 170 km de autonomia em 30 minutos

Com carregador rápido de 80 kW em corrente contínua é possível recuperar 170 km de autonomia em 30 minutos

Renault/Divulgação

A Renault mostrará o novo Kangoo Van E-Tech Electric no próximo dia 16 de novembro no Salão Solutrans, em Lyon, na França. O utilitário que é vendido para clientes comerciais aqui no Brasil, ganhou os novos traços de design da montadora, além de ser equipado com um motor elétrico de 90 kW (122 cv). A autonomia é de 300 km em um ciclo WLTPi. A novidade, que será produzida na fábrica francesa de Maubeuge, começa ser vendida na Europa a partir do segundo trimestre 2022. Ainda não há informações se a empresa pretende trazer esse carro ao Brasil. Contudo, a marca vende por aqui o Renault Kangoo Z.E.Maxi.

Modelo tem painel de instrumentos digital

Modelo tem painel de instrumentos digital

Renault/Divulgação

É importante lembrar que a Renault vende desde 2011 uma versão elétrica do utilitário, que já teve mais 70 mil unidades emplacadas desde quando foi lançado, o que representa atualmente um a cada cinco veículos desta categoria comercializados no velho continente.

Modelo conta com ampla abertura da porta lateral

Modelo conta com ampla abertura da porta lateral

Renault/Divulgação

O modelo conta com novas baterias de íons de lítio com capacidade de 45 kWh, o que confere uma autonomia de 300 quilômetros em um ciclo WLTPi. Além disso, as baterias foram instaladas sob o assoalho para não prejudicar o volume útil de carga, que é 600 kg  ou 800 kg na versão longa e, também, de 1.500 kg de capacidade de tração. Além disso, a bateria conta com um sistema de resfriamento a água.

Modelo conta com novo design da montadora

Modelo conta com novo design da montadora

Renault/Divulgação

A Renault ainda informou que é possível utilizar três tipos de carregadores. Com isso, ao usar o carregador rápido de 80 kW em corrente contínua é possível recuperar 170 km de autonomia em 30 minutos. Também é dá para carregar com o carregador padrão Caméléon trifásico de 11 kW, que se adapta a todos os tipos de residências e recupera a bateria em 3h50, além do Caméléon de 22 kW para recarga rápida em terminais públicos. Já em um Wallbox de 7,4 kW é possível ter a recarga total em menos de 6 horas. 

Marca ainda informou que é possível utilizar três tipos de carregadores

Marca ainda informou que é possível utilizar três tipos de carregadores

Renault/Divulgação

Em relação à motorização o novo Kangoo Van E-Tech Electric vem equipado com o motor elétrico de 90 kW, em uma conversão direta 122 cv, com torque imediato de 245 Nm. O modelo ainda contará com três modos de frenagem o Sailing, para autoestradas e vias rápidas, o Drive, para um uso mais versátil, e o Brake, ideal para ser usado em engarrafamento e trechos de serra. O carro ainda conta com sistema adaptativo de frenagem regenerativa, que maximiza a energia recuperada. O motorista também contará com seis modos de condução, em que será possível otimizar o conforto e a autonomia em função do uso e das condições do trânsito.

Motor tem torque imediato de 245 Nm

Motor tem torque imediato de 245 Nm

Renault/Divulgação

As diferentes combinações entre modos de tração / tipos de frenagem oferecem ao condutor a possibilidade de escolher entre 6 modos de condução diferentes, para otimizar o conforto e a autonomia em função do uso e condições do trânsito.

Kangoo Van E-Tech Electric conta com volante, para-brisa e bancos dianteiros aquecidos

Kangoo Van E-Tech Electric conta com volante, para-brisa e bancos dianteiros aquecidos

Renault/Divulgação

As informações relativas ao modo selecionado de condução, gestão da potência elétrica e os dispositivos de assistência ao motorista são reunidos em um painel colorido de 10 polegadas 100% digital e totalmente personalizável, disponível como opcional.

Peugeot e-Expert será lançada ainda neste ano no Brasil

Peugeot e-Expert será lançada ainda neste ano no Brasil

Peugeot Divulgação

O novo Kangoo Van E-Tech Electric conta com volante, para-brisa e bancos dianteiros aquecidos, painel de instrumentos digital, maior abertura lateral do segmento, prateleira dobrável interna, central multimídia com tela de 8 polegadas e sistema Renault Easy Link, freio automático de estacionamento, 60 litros de porta-objetos na cabine, regulador de velocidade adaptativo com função de parada e partida automática, assistente para autoestrada e tráfego intenso, entre outros equipamentos.

NOVO ZOE ELÉTRICO TEM TAMANHO DE 1 SANDERO E CUSTA O PREÇO DE 3! Vale a pena por R$ 220 mil? Veja o vídeo!

Concorrente elétrico no Brasil
Caso a Renault traga o novo Kangoo Van E-Tech Electric ao Brasil já terá um concorrente de peso por aqui o Peugeot e-Expert, que será lançada ainda neste ano, onde deve ser vendido nas versões com 230 km de autonomia em um ciclo WLTPi com bateria de 50 kWh composta de 18 módulos e, também, na configuração 330 quilômetros em um ciclo WLTPi com uma bateria de 75 kWh composta de 27 módulos.

Utilitário vem equipado com motor elétrico de 100 kW

Utilitário vem equipado com motor elétrico de 100 kW

Peugeot Divulgação

O utilitário vem equipado com motor elétrico de 100 kW, em uma conversão direta 136 cv, com torque imediato de 26,5 kgfm. Segundo a marca, o modelo faz de 0 a 100 km/h em 13,1 segundos e atinge a velocidade máxima de 130 km/h. Além disso, o modelo tem capacidade de carga útil de 1.275 kg e capacidade de reboque de até 1.000 kg.

Modelo faz de 0 a 100 km/h em 13,1 segundos e atinge a velocidade máxima de 130 km/h

Modelo faz de 0 a 100 km/h em 13,1 segundos e atinge a velocidade máxima de 130 km/h

Peugeot Divulgação

A novidade poderá ser carregada em um carregador de 7,4 kWh ou trifásico de 11 kWh. Já o carregamento rápido pode ser feito em 30 minutos com um carregador de 50 kWh e em 45 minutos em um carregador de 75 kWh.

*Em colaboração Felipe Salomão

Últimas