Autos Carros Volvo V60: avaliamos o “démodé” mais moderno do setor automotivo

Volvo V60: avaliamos o “démodé” mais moderno do setor automotivo

Perua sueca mostra sofisticação, bom acabamento e visual que não vinga mais no Brasil

Guilherme Magna

As peruas (station wagons) estão perdendo espaço ano a ano e hoje estão restritas a um universo reduzido de consumidores nas marcas premium como Audi, Mercedes Benz e BMW. O R7 Autos Carros avaliou o V60, que é comercializado no Brasil em versão única, a T5 Momentum.

O primeiro ponto que chama a atenção é o visual do carro que traz a dianteira alinhada com o padrão mundial da Volvo. Os faróis em LED tem o formato do martelo de Thor e a grade cromada realça ainda mais a elegância do modelo. Na parte traseira as lanternas possuem o mesmo formato do XC60, que mostra a sofisticação da perua.

Em relação a geração anterior, o carro cresceu 12,6cm no comprimento e 9,6 cm na distância de entre-eixos. Isso proporciona mais espaço para as pernas de quem vai atrás e representa um ganho de 99 litros no porta-malas, que agora comporta 529 litros de bagagem.

Guilherme Magna

Assim como nos outros modelos da marca, o kit multimídia tem tela em formato de tablet com 12,3” e conectividade para Android Auto e Apple CarPlay. O console central ainda conta diversos porta-objetos, o que comporta bem os itens dos ocupantes do veículo. Ainda estão disponíveis duas entradas USB com carregamento rápido.

Ainda falando sobre a multimídia, é por lá que se ativa ou desativa os itens de segurança do V60. Estão disponíveis itens como assistente de permanência em faixa, piloto automático com sensor de distância, controle de tração e estabilidade, entre outros. Por fim, a perua ainda conta com sistema de direção semi-autônoma, presente em quase todos modelos da Volvo.

Guilherme Magna

Sob o capô, a montadora sueca equipou o carro com a motorização T5 que conta com motor 2.0 turbo de de 254cv a 5.500rpm e 35,7kgfm de torque. O câmbio é automático de oito marchas é a escolha que acompanha o propulsor a gasolina e tem funcionamento suave e esportivo quando exigido.

Dia a dia

Baixo e comprido, o V60 é confortável e versátil em sua proposta e certamente se diferencia no cotidiano cheio de SUVs pelas ruas. No entanto seu porte não evita que o carro raspe a frente em algumas vias comuns nas cidades brasileiras, onde trechos com buracos e lombadas são um desafio, mas o station wagon entrega muito conforto na estrada.

O carro tem bom torque, o que deixa divertida qualquer ultrapassagem ou arrancada com o motor T5. O V60 faz de 0 a 100km/h em incríveis 6,7s e o câmbio não titubeia nas trocas mudando o comportamento conforme cada modo de direção escolhido. Ponto positivo para o carro é sua posição de guiar. Como o modelo é mais baixo, a sensação de esportividade está presente desde a abertura da porta até o motorista sentar no cockpit.

Guilherme Magna

O motorista pode escolher entre quatro modos de condução: Comfort, Dynamic, Eco e Individual. Como em todos os carros com esse sistema, cada um corresponde a um ajuste no motor, suspensão e direção.

Em nossa avaliação o carro registrou uma média de 9,3km/l na cidade e 12,4km/l na estrada.

Atualmente o V60 concorre diretamente apenas com o Audi A4 Avant embora tenha concorrentes indiretos nas marcas BMW e Mercedes Benz. Isso mostra o motivo da campanha “save The wagons”, uma carroceria charmosa, com motor potente e bom espaço interno merecia ser mais valorizada. O Volvo V60 tem preços a partir de R$ 213.950.

*Por Guilherme Magna

Últimas