Blog do Nolasco Milton Ribeiro pede exoneração após reunião com Bolsonaro

Milton Ribeiro pede exoneração após reunião com Bolsonaro

Ministro da Educação, que virou alvo de inquérito da Polícia Federal, está no centro de escândalo sobre pedido de propina

  • Blog do Nolasco | Thiago Nolasco, do R7, em Brasília

O ministro Milton Ribeiro

O ministro Milton Ribeiro

Evaristo Sá/AFP - 4.2.2022

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, pediu demissão do cargo após reunião com o presidente Jair Bolsonaro realizada nesta segunda-feira (28), no Palácio do Planalto. 

O tema principal do encontro foi a crise no Ministério da Educação, que começou depois de denúncias de que dois pastores estariam pedindo propina para facilitar a liberação de verbas da pasta.

O blog conversou com fontes presentes na reunião que confirmaram o encontro. Ribeiro será exonerado da função para se defender das acusações. No encontro, o ministro entregou uma carta de demissão.

A saída é uma forma de encerrar a crise provocada pelas suspeitas no MEC. Integrantes da ala política do governo e até representantes da bancada evangélica no Congresso Nacional defendiam a saída de Ribeiro.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas