A farra do fundo

Você sabe quem são os deputados que votaram pelo aumento do fundo eleitoral? Pois deveria

O Congresso aprovou um superaumento do fundo eleitoral

O Congresso aprovou um superaumento do fundo eleitoral

Pablo Valadares / Câmara dos Deputados

Outro dia estava tentando lembrar em quem votei para deputado federal e senador nas últimas eleições. Busquei nas minhas anotações (sim, anoto tudo!), mas não encontrei. Você lembra em quem votou para essas cadeiras no congresso, amigo leitor? Poucas pessoas lembram. Menor ainda é a quantidade de gente que verifica se os candidatos foram eleitos depois do pleito. Mas essa semana descobrimos como é importante saber quem colocamos lá.

Eu nem sei até hoje porque temos 513 deputados e 81 senadores, mas o que mais me preocupa mesmo é o que essa turma faz e que pouca gente sabe. Tipo: aprovar o aumento do fundo eleitoral.

Sério. Eles fizeram isso.

O congresso aprovou na semana passada a lei de diretrizes orçamentárias. Sabe o que é isso? Não? Fique tranquilo. No Brasil, pouca gente sabe... Mas a LDO é a lei que, como o nome já diz, basicamente define os parâmetros para o orçamento público anual. Significa que o congresso aprova como vai ser gasto o dinheiro público. O nosso dinheiro... Aquele que vem às custas de muito suor de uma população que precisa trabalhar quase 5 meses só para pagar impostos.

Essa votação no congresso incluiu um aumento para o fundo eleitoral, de cerca de 2 bilhões de reais para 5 bilhões e 700 milhões a cada dois anos. É muito dinheiro! Estava lá, escondido no meio do texto. Agora vai para a sanção presidencial.

Mas eu fico imaginando o que acontece fora de uma pandemia, sem 15 milhões de desempregados e 19 milhões de pessoas passando fome...

Mas vamos manter o foco nesse dinheiro. Me diga: Sabe para que serve esse tal de fundo eleitoral? Para que os partidos financiem as campanhas políticas. Calma, não é só isso.

Os partidos já recebem anualmente o fundo partidário. Sim! É outra fonte de renda pública que eles usam para pagar as contas de luz, água, telefone... E.... Financiar as campanhas políticas!

Relaxa que agora vem a melhor parte: Sabe por que esse fundo eleitoral foi criado?

Acredite: Para acabar com a corrupção nas doações que os partidos recebiam. Para o quê? Financiar as campanhas políticas!

Aliás, eu nem sei para que tantos partidos políticos, mas... Fazendo uma comparação bem ridícula, (porque é disso que se trata), eu me sinto abrindo uma garrafa de vinho daquelas bem caras, tirando a tampa e virando a garrafa de cabeça pra baixo sem poder fazer nada para impedir que o vinho vá pelo ralo. Vinho caro dá trabalho pra fazer.

Tenho minhas dúvidas sobre o destino do nosso dinheiro, mas tenho certeza que não vai todo pelo ralo. 

Ainda não achei os nomes dos meus candidatos, mas vou continuar procurando. Quero lembrar deles nas próximas eleições. 

A gente se vê.

Últimas