A assertividade na tomada de decisões

Empreendendo Direito

O processo de tomada de decisões está presente no dia a dia de todas as pessoas. A todo momento, precisamos fazer escolhas, que podem ser simples ou complexas: decidimos a roupa que vamos vestir, o que vamos comer e como vamos realizar determinadas tarefas.

No contexto profissional isso não é diferente. Tomar decisões estratégicas de forma assertiva é uma habilidade essencial para qualquer líder e gestor, pois essas decisões impactam diretamente a rotina dos demais colaboradores e o andamento dos processos empresariais.

Cada escolha tem um grande impacto em uma organização. E é por isso que a tomada de decisões precisa ser planejada e, principalmente, assertiva. Além de tomar as decisões, os líderes precisam ainda transmitir firmeza e segurança em seus posicionamentos, afinal, toda a equipe precisa ter confiança no caminho escolhido.

Neste artigo, vamos falar sobre o processo de tomada de decisões em uma empresa, a importância da assertividade na hora de decidir e, por fim, veremos dicas poderosas para aplicar isso no seu dia a dia!

Segue a leitura!

O processo de tomar decisões

No contexto profissional, a tomada de decisões sempre traz impactos significativos para uma empresa. As escolhas que ditam os rumos da organização são feitas por um grupo de líderes e gestores e requerem um amplo conhecimento do funcionamento da empresa, dos colaboradores, dos processos e dos produtos e serviços oferecidos.

Uma decisão errada ou inconsistente pode colocar em risco os negócios e resultados, assim como uma decisão correta e assertiva é capaz de levar a empresa a crescer e atingir seus objetivos.

E o mais importante: todos os dias, novas decisões precisam ser tomadas.

Essas decisões podem ser complexas ou de rotina.

A tomada de decisão de rotina envolve casos mais simples e fáceis de serem solucionados. Não existem grandes riscos envolvidos: o problema é identificado, as alternativas são estruturadas e um caminho é escolhido.

Já a tomada de decisão complexa envolve casos que apresentam muitos contratempos e ações possíveis. Para que seja satisfatória, é preciso submeter a situação à análise e ponderação de um grupo de gestores.

Tipos de tomada de decisões

Existem diversas maneiras de tomar decisões em uma empresa. Ainda que todas tenham em comum o objetivo de evitar prejuízos, otimizar os processos e trazer lucros, um líder/gestor pode fazer isso de diferentes formas.

Vamos ver a seguir alguns tipos de tomada de decisões:

Autocrática: o líder decide o que deve ser feito de forma unilateral, sem consultar outros gestores e/ou colaboradores da empresa. Este não é o modelo mais eficiente, visto que a falta de comunicação e autoritarismo podem trazer muitas consequências negativas.

Democrática: as escolhas são feitas por meio de votação. Este modelo costuma ser visto como o mais justo, pois favorece a participação de todos na tomada de decisões. No entanto, uma desvantagem é que, quando a maioria escolhe, pode-se deixar de fazer uma análise mais profunda sobre o problema.

Consultiva: o líder consulta a opinião de outros gestores e/ou colaboradores e as leva em consideração para tomar a decisão.

Por consenso: todos os integrantes do grupo responsável pela situação devem chegar a um consenso e apresentar uma decisão.

Por delegação: delega-se a análise da situação a um grupo de profissionais, que devem apresentar alternativas para a decisão.

A importância da assertividade na tomada de decisões

Assertividade é a habilidade de tomar decisões firmes e consistentes, com um posicionamento claro e seguro.

Tomar decisões assertivas é o que faz um líder ser valorizado e ouvido. A assertividade é uma das soft skills mais importantes no mercado atual.

Veja os outros benefícios das decisões assertivas em uma empresa:

● Aumenta a produtividade e proatividade;

● Em tempos de crise, evita desordem e falta de organização;

● Transmite segurança e confiança aos colaboradores;

● Permite que os processos sejam sempre analisados e que os resultados sejam potencializados.

Como ser mais assertivo na tomada de decisões?

Tenha um processo decisório

As decisões não podem ser tomadas sem nenhuma análise ou embasamento. A tomada de decisão consiste, basicamente, em: identificar o problema - propor soluções eficazes -

avaliar as opções - decidir pela melhor opção. Você pode usar este modelo ou adaptá-lo de acordo com suas necessidades para estabelecer seu próprio processo decisório.

Estabeleça um planejamento estratégico

O plano estratégico permite que você tome decisões de acordo com seus objetivos iniciais.

Baseie-se em dados

Sempre utilize dados e informações concretas para justificar suas decisões.

Utilize métricas

Depois de tomar as decisões, é preciso sempre avaliar os resultados das mesmas. Para isso, estabeleça métricas que acompanhem e mensurem as consequências de cada escolha.

Escute sua equipe

Por mais que as decisões sejam de responsabilidade do líder/gestor, é importante ouvir os colaboradores e, sempre que possível, incluir a equipe na tomada de decisões. Além de demonstrar que eles também são importantes para a empresa, são essas pessoas que vivenciam os processos de trabalho e, portanto, podem ter muito a contribuir.

Aplicando essas dicas, você será capaz de tomar decisões de forma mais assertiva e melhorar o desempenho da sua empresa. Compartilhe com sua equipe!

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas