Respeite seus limites, saiba dizer não

É preciso coragem para dizer "não!" no local de trabalho. Principalmente hoje em dia, quando o ambiente empresarial está mais competitivo do que nunca

Reprodução

Entretanto, aprender como estabelecer limites no trabalho dizendo não às tarefas para as quais você não tem recursos - ou que não deveria estar realizando por atrapalhar sua rotina - não só vai liberar seu tempo, mas também ganhar respeito.

Dito isso, as pessoas tem medo de recusar os pedidos, mesmo quando já estão ocupadas, afinal, querem ser amados, respeitados, valorizados e apreciados, acreditando que para conseguir essas coisas,  precisam fazer tudo o que pedem mesmo que ameace sua própria carga de trabalho ou sua saúde. Ou sua sanidade. Mesmo que isso signifique que eles sejam um pouco mais do que um capacho.

Mas não precisa ser assim. Na verdade, dizer "não!" e estabelecer limites é a maneira mais fácil de ganhar o respeito e a admiração das pessoas com quem você trabalha.

Como definir limites no trabalho?
Existem muitas maneiras diferentes de começar a definir limites no trabalho, mas aqui estão 8 técnicas que ajudarão a mudar sua perspectiva e lhe darão mais confiança para dizer não:

1. Aceite que você não pode agradar a todos

2. Pare de se desculpar por dizer "Não!"

3. Considere a solicitação no contexto

Por muitas vezes vivemos tanto para agradar os outros que ligamos o automático no sim. O que nos possibilita diversas formas de sermos apenas usados.

Dizer não a algumas coisas significa dizer sim a si mesmo.

Sim, nós queremos que as pessoas gostem da gente. Nós querem fazer parte da "gangue". Só queremos  nos encaixar sem incomodar ninguém.
O que nos tira totalmente a confiança para dizer não, porque sentimos que de alguma forma somos responsáveis pelos sentimentos das outras pessoas.

A pressão para agradar sempre vai  existir na sociedade em geral, e não apenas no ambiente de trabalho. E é fácil se encontrar nessa posição se o seu objetivo for agradar, porque pode ser algo que você aprendeu com seus pais. Ou algo que você viu na mídia.

Entretanto, isso significa que você acaba estabelecendo padrões ridiculamente altos para si mesmo que são impossíveis de manter - e que acaba te desgastando.

Quando você aprende a dizer não, no entanto, significa que poderá dizer sim a outras coisas. E essas outras coisas são invariavelmente benéficas para você.

1. Você não pode agradar a todos ... então é hora de aceitar isso e começar a olhar pra si mesmo.
Não importa o que você faça, nunca será o suficiente. Isso porque não é sobre você. É sobre eles. Que, cada vez mais que você estende a mão terá alguém que puxará o braço inteiro. Por isso não podemos dizer sim o tempo inteiro, pois existem os aproveitadores.
E ter amor próprio te ajuda a não cair na lábia desses aproveitadores.

Lembre-se; você nunca conseguirá agradar a todos, afinal, somos seres individuais e está tudo bem não sermos o ideal do outro.

Se você acha que agradar às pessoas o ajudará a evitar conflitos, no local de trabalho ou em outro lugar, pense novamente.

Viver em função do outro pode forçá-lo a cair no chão, o que significa que, no final, sua eficácia e produtividade serão prejudicadas. E quando isso acontece, você sofre, a empresa para a qual trabalha sofre, seus amigos e familiares sofrem, e todo mundo perde.

Há duas coisas a lembrar sobre isso:

A primeira coisa é como você se sente . Dizer não pode fazer você se sentir mal. Mas e daí? Sentir-se mal não pode machucar você. E seu mau pressentimento não pode machucar a pessoa a quem disse não. Portanto, o truque é dizer não, sentir-se mal e apenas deixar o sentimento ir e vir. Porque vai.
A segunda coisa é começar pequeno . Diga não a algo pequeno e possivelmente não muito significativo. Se você pode dizer não às pequenas coisas, aos poucos você pode ganhar força e confiança para dizer não às coisas maiores.
2. Não se desculpe por dizer "Não!"
Dizer não é difícil.

Mas, honestamente, você não pode fazer tudo. Não importa quem pergunte. E se você está muito ocupado, ou já está afundado na neve porque o trabalho está se acumulando, por que deveria se desculpar?

Se você já está fazendo tanto - ou possivelmente mais - quanto o seu trabalho exige, então por que lamentar por não assumir nada extra além disso?

Se você aceitar o trabalho apenas para agradar a outra pessoa, isso vai lhe custar caro . Vai custar-lhe de todas as maneiras que você pode imaginar - física, emocional e espiritualmente. Porque você estará sob mais pressão, sentindo mais estresse e não terá tempo suficiente para si mesmo.

Você não terá tempo suficiente para rejuvenescer e reenergizar. Você não pode simplesmente abrir um painel na lateral do braço e colocar algumas baterias novas.

Às vezes, você precisa se esforçar muito para cumprir um prazo ou para ajudar sua equipe. Mas se você se pega continuamente assumindo mais do que pode suportar, e este não é o precedente que deseja abrir, então é hora de fortalecer o seu "não!" músculos!

Comece com o seguinte:

Da próxima vez que alguém solicitar que você assuma algo para o qual não tem tempo (ou, francamente, não é algo que nem mesmo seja da sua competência), comece a sua resposta com um tom positivo. Deixe a outra pessoa se abaixar suavemente, mas com firmeza, dizendo:

"Eu quero ajudar, mas não sou capaz de fazer isso agora."

E lembre-se ... resista à tentação de dizer “Sinto muito”, a menos que você realmente tenha algo do que se desculpar!

3. Considere o pedido da outra pessoa no contexto
NVocê sabe como é.

Há uma pequena porcentagem de pessoas na maioria das organizações que parecem se sair bem fazendo pouco. E eles conseguem essa proeza porque continuam fazendo pedidos disfarçados de ajuda, sem receber um não.

E essa é uma das razões pelas quais você precisa de limites. Porque se você não tem limites, outras pessoas podem tentar manipulá-lo. Eles tentarão usá-lo e tirar proveito de sua boa natureza. E às vezes eles vão conseguir.

Mas isso não é necessariamente uma má notícia. Às vezes, as pessoas pedem que você faça coisas - coisas extras além do seu trabalho normal - que você pode realmente querer fazer.

Trabalho que você está morrendo de vontade de tentar, projetos que o deixam entusiasmado ou que lhe dão a chance de abrir suas asas e aumentar suas habilidades. Nesses casos, talvez você precise pensar um pouco mais cuidadosamente antes de dizer não. O truque é colocar a solicitação no contexto e, em seguida, decidir se é algo que você deseja realizar. Avalie as coisas logicamente, perguntando a si mesmo:

É algo que beneficiará minha função?
É importante para a empresa?
Requer minhas habilidades, ou qualquer um pode fazer isso?
É algo que eu posso fazer que não interrompa meu outro trabalho?
É um projeto de curto ou longo prazo?

Responda as perguntas para identificar que não está sendo burro de carga.

Lembre-se: trabalho sempre existirá e você dizer não, não te faz inferior a ninguém. Cuidar da sua saúde mental, emocional e física é de suma importância para conseguir se desvencilhar de manipuladores que usam das fraquezas para benefício próprio. Seja livre, diga não sem culpa e viva uma vida mais leve e com amor próprio.

Últimas