Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Afonso Paciléo
Publicidade

Saiba o que fazer quando a compra online chega errada ou fora do prazo

Conheça seus direitos e saiba como agir em casos de compras erradas e fora do prazo de entrega

Empreendendo Direito|Afonso PacileoOpens in new window


Conheça os seus direitos como consumidor em compras online Imagem criada por IA via Leonardo.IA

Imagine a frustração de comprar um produto online, aguardar ansiosamente a entrega e, quando ela finalmente chega, descobrir que o pedido está atrasado e, para piorar, o produto enviado é completamente diferente do que você comprou. Essa situação, infelizmente, é mais comum do que se imagina, e muitos consumidores não sabem como agir para ter seus direitos garantidos.

Mas não se preocupe! Neste artigo, você vai encontrar um guia completo com as medidas que você pode tomar para resolver esse problema de forma rápida e eficaz.

1. Mantenha a calma e documente tudo

Em primeiro lugar, é importante manter a calma e reunir toda a documentação relacionada à sua compra. Isso inclui:

Nota fiscal: Guarde a nota fiscal do seu pedido, pois ela será essencial para comprovar a compra e o valor pago.

Publicidade

E-mails: Salve todos os e-mails trocados com o e-commerce, incluindo as reclamações que você já fez.

Protocolos de atendimento: Anote os números de protocolo de qualquer atendimento que você tenha recebido do e-commerce.

Publicidade

Fotos e vídeos: Se possível, tire fotos ou faça vídeos do produto errado que você recebeu.

2. Exija seus direitos

O Código de Defesa do Consumidor (CDC) garante diversos direitos aos consumidores que tiveram problemas com suas compras online. No seu caso, você tem direito a:

Receber o produto correto: O e-commerce tem a obrigação de entregar o produto correto que você comprou.

Obter o reembolso do valor pago: Se você não quiser o produto, você pode solicitar o reembolso integral do valor pago.

Ser indenizado por danos materiais e morais: Você também tem direito a ser indenizado por quaisquer danos materiais e morais que tenha sofrido devido ao atraso e ao erro na entrega.

3. Tente resolver o problema amigavelmente

Antes de tomar medidas mais drásticas, tente resolver o problema diretamente com o e-commerce. Você pode fazer isso através dos canais de atendimento ao cliente da loja, como telefone, e-mail ou chat online.

Seja educado e firme ao apresentar suas reclamações e exigir seus direitos. Explique a situação em detalhes e apresente toda a documentação que você reuniu.

4. Busque ajuda de órgãos de defesa do consumidor

Se o e-commerce se recusar a resolver o problema de forma amigável, você pode buscar ajuda de órgãos de defesa do consumidor, como o Procon (https://www.procon.sp.gov.br/) ou o Reclame Aqui (https://www.reclameaqui.com.br/minha-conta/).

No Procon, você pode registrar uma reclamação online ou presencialmente. O órgão irá analisar o seu caso e tentar intermediar um acordo entre você e o e-commerce.

Já no Reclame Aqui, você pode publicar uma reclamação sobre o e-commerce e compartilhar sua experiência com outros consumidores. Isso pode pressionar a loja a resolver o seu problema de forma rápida.

5. Mova uma ação judicial

Se todas as outras medidas falharem, você pode mover uma ação judicial contra o e-commerce. Para isso, é importante consultar um advogado especialista em direito do consumidor.

Lembre-se: quanto mais documentação você tiver, melhor será para defender seus direitos. Mantenha todos os comprovantes de compra, e-mails, protocolos de atendimento e fotos/vídeos do produto errado.


Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.