Luiz Fara Monteiro CCR Aeroportos incentiva inscrição em curso gratuito para mulheres empreendedoras 

CCR Aeroportos incentiva inscrição em curso gratuito para mulheres empreendedoras 

Iniciativa visa incentivar o empreendedorismo feminino para quem deseja abrir o próprio negócio; desenvolvido em plataforma digital, o curso conta com conteúdos e aulas exclusivas

Instituto CCR: programa de capacitação “Despertando a Empreendedora”
Instituto CCR: programa de capacitação “Despertando a Empreendedora” CCR Aeroportos

O programa de capacitação “Despertando a Empreendedora” do Instituto CCR, em parceria com a Empreende Aí, irá capacitar 1.000 mulheres. As formações têm como propósito desenvolver as competências necessárias e praticar a implementação de pequenos e novos negócios em territórios populares, comunidades e favelas, além de proporcionar uma troca de experiências. A formação tem linguagem descomplicada e as inscrições podem ser realizadas até 6 de abril, neste link. O projeto conta com o apoio da CCR Aeroportos em todas as regiões onde a empresa atua, reforçando o compromisso com o desenvolvimento sustentável destas cidades.

Na primeira etapa do curso, 1.000 empreendedoras serão formadas com a metodologia aplicada pela Empreende Aí, via plataforma digital. Após a formação, 120 mulheres serão selecionadas para a próxima fase, na qual as empreendedoras farão um treinamento presencial de uma semana nas unidades dos Estados de São Paulo, Bahia e Rio de Janeiro. Nesta segunda etapa, as empreendedoras participarão também de mentorias com colaboradores do Grupo CCR. Ao final desta fase, 15 empreendedoras serão selecionadas e receberão o prêmio de R$ 1.000 e um plano de mentoria para o planejamento do negócio durante o programa.

Entre os negócios destaques do ano passado está a Ariadna da Mata. Ela possui uma marca especializada em bonecas negras de pano e destaca o quanto o curso possibilitou a sua capacitação e o aperfeiçoamento do seu negócio. “A formação significou muito para mim. Importante sabermos que temos empresas que se preocupam em trazer soluções de impacto social para mulheres empreendedoras.”

"Pequenos negócios são fundamentais para a economia do país, mas nem sempre encontram o apoio necessário para se desenvolverem. O intuito do Grupo CCR, por meio do Instituto CCR, é contribuir com o desenvolvimento de micro e pequenas empreendedoras de periferias e comunidades que querem ter seu próprio negócio e precisam de orientações práticas sobre como fazer isso”, afirma Renata Macedo, analista de Responsabilidade Social do Instituto CCR.

“Teremos módulos sobre gestão financeira, inovação, entre outros. É um curso bem completo e destinado para mulheres de todo o Brasil na primeira etapa. Como incentivo, vamos premiar com recursos financeiros os negócios que forem considerados destaques na segunda etapa do curso", afirma Jennifer Rodrigues, psicóloga e sócia-fundadora da Empreende Aí, escola de negócios da periferia para a periferia.

“Incentivar ações que contribuem positivamente para a sociedade e geram impacto transformador na vida da população faz parte dos compromissos assumidos pela CCR Aeroportos, por meio de sua estratégia de responsabilidade social e sua visão de tornar seus aeroportos agentes de transformação social”, afirma Josy Tibério, Gerente Executiva de Comunicação e Responsabilidade Social da CCR Aeroportos.

COMO FUNCIONA?

O curso terá aulas on-line e presenciais sobre temas de Autoconhecimento, Como entender o seu Público? Gestão do Tempo, Marketing, Gestão Financeira, Gestão de Equipe, Logística e Aprendizados em momentos de crise. Ao final do programa, 15 negócios serão selecionados e receberão um prêmio em dinheiro de R$ 1.000,00 do Instituto CCR e um plano de mentoria exclusivo para colocar de pé o negócio gestado durante a formação.

SERVIÇO

Inscrições On-line: até 06/04/2023 

Sobre o Instituto CCR

Entidade privada sem fins lucrativos, gerencia o investimento social do Grupo CCR, com o objetivo de proporcionar transformação social nas regiões de suas concessões de rodovias, aeroportos e mobilidade. Os projetos do ICCR são implementados por meio de recursos próprios ou verbas incentivadas. Entre os projetos proprietários de impacto, merecem destaque: Caminhos para a Cidadania, que capacita mais de 3 mil professores em 1.600 escolas anualmente. E o Caminhos para a Saúde, que oferece atendimentos de saúde a caminhoneiros, motociclistas, ciclistas e passageiros de trens urbanos e metrôs, somando 49 mil beneficiados em 2022. Seu foco são iniciativas em cultura, educação, esporte e saúde, com R$ 49 milhões aplicados ao longo do ano passado. Saiba mais em nosso site.

Sobre o Empreende Aí

A Escola de Negócios da Periferia para Periferia: Empreende Aí é um Negócio de Impacto Social fundado em 2015, pela Psicóloga Jennifer Rodrigues e o Administrador de Empresas Luis Coelho, ambos de periferia, com o objetivo de formar e capacitar novos Empreendedores de territórios populares, comunidades e favelas através de sua Metodologia Despertando o Empreendedor presencial e on-line (que aborda aspectos de autoconhecimento, ideação, modelagem, testagem e gestão dos negócios) e de Metodologias cocriadas com parceiros. Site oficial aqui.

Sobre a CCR Aeroportos

A CCR Aeroportos, Negócio do Grupo CCR, opera 20 aeroportos no mundo, firmando sua presença em cinco países e nove estados brasileiros. Com a recente expansão a empresa se consolidou como uma das maiores operadoras em número de aeroportos no Brasil. Ao todo administra 17 aeroportos brasileiros: São Luís e Imperatriz, no Maranhão; Palmas, no Tocantins; Teresina, no Piauí; Petrolina, em Pernambuco; Goiânia, em Goiás; o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, por meio da BH Airport, e o Aeroporto da Pampulha, em Minas Gerais; Curitiba, Bacacheri, Londrina e Foz do Iguaçu, no Paraná; Navegantes e Joinville, em Santa Catarina; e Pelotas, Uruguaiana e Bagé, no Rio Grande do Sul. No exterior, a empresa opera os aeroportos de Juan Santamaria (Costa Rica), Quito (Equador) e Curaçao (Antilhas Holandesas). Em todas estas operações, a CCR Aeroportos movimenta cerca de 42 milhões de passageiros/ano

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas