Luiz Fara Monteiro Com falha em motor, avião da Gol faz pouso de emergência em Guarulhos

Com falha em motor, avião da Gol faz pouso de emergência em Guarulhos

Incidente foi com Boeing 737-800 que partiu de Congonhas e deveria seguir para Porto Seguro, na Bahia. Tripulação seguiu manual de procedimentos e fez pouso em segurança no Aeroporto de Guarulhos

Boeing 737-800 da GOL semelhante ao da ocorrência
Boeing 737-800 da GOL semelhante ao da ocorrência Vinícius Magalhães

Uma emergência detectada logo após a decolagem fez um avião da GOL cancelar um voo instantes após a decolagem na última sexta-feira (9).

O Boeing 737-800 da Gol Transportes Aéreos, matrícula PR-GXQ realizava o voo G3-1512, de São Paulo Congonhas para Porto Seguro, na Bahia.

157 passageiros e 6 tripulantes estavam a bordo da aeronave, que decolou da pista 17R de Congonhas.  O avião ainda ganhava altitude, no nivel de voo FL270, quando a tripulação notou uma intercorrência no motor número 2, localizado do lado direito. 

Após uma consulta ao manual do Boeing 737 e do procedimento padrão para a ocorrência, o Comandante optou por interromper a subida devido à falha do motor, modelo CFM56. A tripulação desligou o motor e desviou para o Aeroporto de São Paulo Guarulhos para um pouso seguro na pista 27L cerca de 35 minutos após a decolagem. A opção por Guarulhos se deu pelo terminal possuir pistas maiores. 

Esse tipo de falha não é incomum na aviação geral e tampouco oferece risco à segurança. Esse tipo de aeronave bimotor consegue voar e realizar manobras com apenas um dos motores em operação. O pouso não programado acontece apenas como forma de precaução.  

Em nota, a companhia afirmou:

A GOL informa que o voo G3 1512, que decolou do de Congonhas (CGH) para Porto Seguro (BPS) na sexta-feira (9) alternou para Guarulhos (GRU) logo após a decolagem devido a problemas técnicos. O pouso em Guarulhos aconteceu normalmente.

Os Clientes do voo desembarcaram em segurança e receberam as facilidades previstas. Após troca da aeronave, o voo seguiu para seu destino.

A GOL reforça que todos os procedimentos foram realizados com foco na Segurança, valor número 1 da Companhia.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas