Luiz Fara Monteiro Learjet fica destruído após escapar de pista nos Estados Unidos

Learjet fica destruído após escapar de pista nos Estados Unidos

Os ocupantes do avião foram socorridos sem ferimentos relatados. Incidente fechou o aeroporto de Morristown, em Nova Jersey

Learjet: saída de pista destruiu a aeronave, mas ocupantes não tiveram ferimentos graves

Learjet: saída de pista destruiu a aeronave, mas ocupantes não tiveram ferimentos graves

Morristown Green

Um Learjet da Geórgia deixou a pista ao pousar no aeroporto municipal de Morristown neste fim de semana. Esse tipo de incidente na aviação é conhecido como excursão de pista (runaway excursion).

Todas as quatro pessoas a bordo foram evacuadas com segurança, sem ferimentos relatados, disse o comandante da polícia de Morristown, Stuart Greer.

A cidade já foi conhecida como "a capital militar da revolução americana" pelo papel estratégico que desempenhou na guerra de independência da Grã-Bretanha.

Bombeiros e policiais da cidade responderam ao incidente das 11h20 de sábado, que fechou o aeroporto, segundo informou o Morristown Green.

O avião, que voava do aeroporto executivo do condado de Fulton, perto de Atlanta, sofreu “danos significativos” ao deixar a pista 23, parando em uma área de segurança, disse Greer em comunicado.

As asas se separaram da aeronave, confirmou Corey Hanlon , porta-voz do aeroporto de Morristown. Ele disse que o avião era um Learjet 75. O aeroporto provavelmente permaneceria fechado na noite de sábado, afirmou.

Greer disse que o NTSB (National Transportation Safety Board) está investigando o que o aeroporto classificou de “incidente de pista de categoria B”. A Administração Federal de Aviação descreve uma “incursão de pista de categoria B” como um incidente em que “existe um potencial significativo de colisão”, exigindo ação rápida.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas