Luiz Fara Monteiro Suspeita de vazamento de combustível desvia voo da GOL

Suspeita de vazamento de combustível desvia voo da GOL

Boeing 737-800 que decolou de Fortaleza para Brasília desviou para Teresina e acarretou atraso de mais de 8 horas. Incidente não representou risco à segurança de voo

Aeronave da GOL semelhante ao da ocorrência
Aeronave da GOL semelhante ao da ocorrência William Alves

Uma suspeita de vazamento de combustível desviou um voo da GOL neste domingo (4).

Um Boeing 737-800 da Gol Transportes Aéreos, matrícula PR-GTM, realizava o voo G3-1709 de Fortaleza, no Ceará, para Brasília, no Distrito Federal.

A aeronave estava em rota no nível de voo FL330, a cerca de 160 milhas náuticas (296 km) ao sul de Teresina, no Piauí, quando a tripulação decidiu desviar para a capital piauiense, relatando uma suspeita de vazamento de combustível.

A aeronave pousou com segurança na pista 20 de Teresina cerca de 25 minutos após deixar o FL330. O incidente em nenhum momento ameaçou a segurança de voo.

Segundo o Aviation Herald, um Boeing 737-800 substituto de registro PR-GGN chegou a Brasília com um atraso de cerca de 8,5 horas.

A aeronave da ocorrência ainda permanecia no solo em Teresina cerca de 18 horas após o pouso.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas