Luiz Fara Monteiro Viraliza vídeo de Tesla sem motorista atingindo avião de US $ 2 milhões 

Viraliza vídeo de Tesla sem motorista atingindo avião de US $ 2 milhões 

Motorista do modelo Tesla Model Y acionou controle remoto e o carro acertou a aeronave no aeroporto de Spokane, nos Estados Unidos

O vídeo de um Tesla colidindo com um jato Cirrus Vision de US $ 2 milhões em um evento de aeronaves enquanto operava no recurso “Summon” viralizou nas redes sociais. 

Inicialmente compartilhado no subreddit r/flying , o vídeo postado também no Storyful Media mostra que aparentemente foi capturado por câmeras de segurança, um Tesla operando em Summon, um dispositivo que permite a movimentação autônoma do veículo em curtas distâncias - passando por um pequeno aeroporto antes de atingir a cauda de um pequeno jato Vision, girando a aeronave cerca de 90 graus antes de chegar a uma parada completa.

O avião envolvido parece ser um Cirrus Vision SF50, que custa entre US$ 1.764.000 e US$ 2.156.000, de acordo com a  EvoJets.com e estava no aeroporto de Spokane, nos Estados Unidos.

O Summon é um recurso que faz parte do pacote Full Self-Driving da Tesla, que permite que um proprietário traga literalmente seu carro para sua localização usando seu Smartphone e seu localizador GPS. O veículo utilizará suas câmeras externas para identificar ambientes e objetos, mas não é à prova de acidentes.

Não há explicação real para o motivo pelo qual o veículo não parou antes que o Tesla chegasse ao avião, especialmente porque não sabemos exatamente quando o veículo em questão foi fabricado. A Tesla anteriormente utilizava câmeras e radares em seus veículos para suas funções de direção semi-autônoma, mas recentemente fez a transição para o sistema somente de câmeras com a introdução do Tesla Vision.

O Tesla Vision foi inicialmente introduzido com o Modelo 3 e o Modelo Y, que perderam qualquer radar a partir das entregas em maio de 2021. O sistema baseado em câmera foi instalado nos veículos Modelo S e Modelo X entregues em ou após meados de fevereiro de 2022 .

Segundo oTesla Rati, membros do subreddit r/TeslaMotors especulam que as câmeras e/ou sensores instalados em qualquer veículo Tesla podem não ter detectado o avião porque a parte da aeronave que o carro atingiu estava no ar. Embora isso não seja confirmado, pode explicar por que o veículo não identificou um objeto tão grande na frente dele, já que os veículos foram bastante precisos em termos de operação de Invocação no passado .

Não foram lançados muitos novos desenvolvimentos em termos de Invocação. Em julho de 2021, o CEO Elon Musk disse que uma vez que a Tesla movesse o Summon e outros recursos do FSD para uma única pilha, grandes melhorias seriam feitas.

O veículo Tesla em modo 'piloto automático': colisão com jato

O veículo Tesla em modo 'piloto automático': colisão com jato

Reprodução Vídeo

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas