Atitude do atleta Darlan Romani viraliza e emociona brasileiros

Após ter covid-19, ele treinou sozinho em terreno baldio para conquistar o sonho da medalha olímpica

Ele ficou em quarto lugar na categoria arremesso de peso nas Olímpiadas, mas para a população brasileira foi como se tivesse conquistado a medalha de ouro. Darlan Romani emocionou a todos quando revelou como foi seu preparo para os jogos e, sobretudo, quando demonstrou seu amor pela família.

O atleta catarinense revelou que passa por dificuldades financeiras e teve um agravante durante o período de treino. Darlan contraiu covid-19 junto com a família, por isso, teve que praticar o arremesso de peso em um terreno baldio, sem a presença do treinador.

Darlan Romani ficou em quarto lugar na final do arremesso de peso

Darlan Romani ficou em quarto lugar na final do arremesso de peso

Lance! Galerias

O atleta chegou a pensar em desistir, pois ficou mal e perdeu muita massa muscular, mas, com o apoio da esposa, persistiu em busca do sonho. Seu esforço e sacrifício fizeram com que chegasse à final em Tóquio. Assim, mesmo sem conquistar uma medalha, deixou um grande exemplo de superação.

"Posso mandar parabéns para a minha mulher? Meu amor, feliz aniversário, Deus te abençoe grandemente e cada vez mais. Obrigada por ser minha companheira. Filha, meu amor, papai te ama, nosso coraçãozinho. Amo vocês", declarou em entrevista. 

A história de Darlan viralizou e sua determinação nos ensina muito sobre a importância da atitude.

O atleta poderia ter se tornado refém dos problemas e desistido da competição, mas as dificuldades se tornaram um combustível para que ele encontrasse alternativas para prosseguir.

Sentimentos que aprisionam

Quantas pessoas, neste momento, estão paralisadas devido a um problema? Uma doença, o desemprego, uma traição, o preconceito, uma decepção, enfim, algo ruim que tenha acontecido pode estar fazendo com que muitos optem por lamentar e renunciar à felicidade.

O vitimismo é a pior escolha que se pode fazer na vida. A autocomiseração é um mal atual que precisa ser combatido. Para mudar essa realidade é necessário deixar de colocar os sentimentos acima da razão, da inteligência.

Quem se preocupa apenas com o que sente perde, e perde muito. Os sentimentos ruins só devem servir para serem usados como motivadores de boas ações. Ou seja, não se pode deixar deprimir, é preciso entender o que acontece e agir, porque enquanto há vida há alternativas para mudar uma realidade. 

Atleta encantou brasileiros ao contar sua história de superação e demonstrar seu amor pela família

Atleta encantou brasileiros ao contar sua história de superação e demonstrar seu amor pela família

Reprodução

Mas, as pessoas que vivem pelos sentimentos não conseguem enxergar isso porque estão aprisionadas e se sentem vítimas de tudo e de todos. Elas raramente conseguem se perguntar o por quê estão passando por isso e reconhecer seus possíveis erros. Desse modo, quem é dominado pela emoção negativa normalmente vive infeliz. 

Reconhecer essa realidade é um passo importante para a mudança. Porque quando aprendemos a controlar os sentimentos, não nos deixamos ser dominados por eles. 

Além disso, a inteligência emocional nos permite lutar para vencer obstáculos sem ficar esperando que alguém tome uma atitude por nós.

"Foi uma excelente competição. Acredito que poderia ter arremessado mais. (…) Só quero agradecer a torcida de todos. Mais uma vez sou quarto, mas não quero mais isso na minha vida. Tem um novo ciclo, dessa vez mais curto. Se eu dava 200%, agora vou dar 300%. Obrigado Brasil", agradeu Darlan.

O atleta parece ter entendido o que devemos colocar em prática no dia a dia, que apesar dos problemas, nós quem determinamos como será nosso presente e futuro, sem depender de favores, de coisas ou de pessoas.  

Últimas