Rio de Janeiro Abrigos da prefeitura passam a permitir a entrada de animais de estimação no Rio

Abrigos da prefeitura passam a permitir a entrada de animais de estimação no Rio

A proposta tem o objetivo de facilitar o acolhimento de pessoas em situação de rua. A medida faz parte do programa Seguir em Frente

Unidades terão suporte de vacinação e microchipagem para os animais

Unidades terão suporte de vacinação e microchipagem para os animais

X (Twitter)/ Prefeitura do Rio

A entrada de animais de estimação passou a ser permitida em abrigos da Prefeitura do Rio de Janeiro. A proposta tem o objetivo de facilitar o acolhimento de pessoas em situação de rua. 

A medida foi anunciada no programa Seguir em Frente, na última quinta-feira (21), e considerou que, muitas vezes, os bichinhos dão apoio emocional aos tutores. 

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

As ideia é que as unidades ofereçam suporte para vacinação e microchipagem dos animais, além de fazer o encaminhamento para castração.

De acordo com a prefeitura, existem 2.700 vagas em abrigos do Rio de Janeiro. Atualmente, cerca de 7.800 pessoas vivem em situação de rua na cidade. 

Fim da restrição de horário

A prefeitura também anunciou o fim da restrição de horário para a entrada nas unidades de abrigamento. 

Caso a unidade esteja lotada, a pessoa deve ser acolhida em espaço provisório até ser alocada em um abrigo com vaga disponível.

A prefeitura reforçou que os abrigos deverão contar com armários fechados e de fácil acesso para a guarda dos pertences da pessoa acolhida.

Últimas