Rio de Janeiro Ação da PM com 40 presos na Maré fecha linha Vermelha e av. Brasil 

Ação da PM com 40 presos na Maré fecha linha Vermelha e av. Brasil 

Operação impediu realização de baile funk em escola da comunidade Parque União; Vias já foram liberadas

  • Rio de Janeiro | Victor Tozo, do R7*

Linha Vermelha foi fechada nos dois sentidos nesta sexta (16)

Linha Vermelha foi fechada nos dois sentidos nesta sexta (16)

Divulgação/Centro de Operações Rio

Uma operação da Polícia Militar no Complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro, com 40 presos, fechou a Linha Vermelha, nos dois sentidos, por quase 30 minutos, e a avenida Brasil momentaneamente na tarde desta sexta-feira (16).

A PM afirmou que a ação preventiva do COE (Comando de Operações Especiais) ocorreu na comunidade Parque União e teve como objetivo retirar criminosos que estariam utilizando uma escola como base para investidas. Segundo a corporação, um fuzil e um revólver foram apreendidos na ação, que ainda estava em andamento até o início da noite.

Quarenta pessoas foram detidas no interior da escola pública Professor César Pernetta, segundo a PM, onde seria realizado um baile funk - a escola é a mesma que foi palco de um show do cantor Belo, em fevereiro deste ano. Uma estrutura para eventos com tendas, equipamentos de som e diversos engradados de bebidas também foram apreendidos.

O porta-voz da PM, major Ivan Blaz, afirmou em entrevista ao Cidade Alerta Rio que o Ciep era utilizado pelos criminosos para armazenamento de drogas e armas e para a realização de eventos clandestinos durante a pandemia. Todos os detidos foram levados para 21ª DP (Bonsucesso).

Em nota, a Secretaria de Estado de Educação informou que não autorizou evento de qualquer natureza dentro de suas unidades escolares. Além disso, declarou que as aulas não estão acontecendo nesse período devido ao recesso escolar.

Interdições

De acordo com a polícia, a chegada dos agentes gerou intenso confronto na região. Motoristas que trafegam pelas vias expressas do entorno tiveram de deixar os veículos para se protegerem dos disparos.

A Linha Vermelha foi interditada pouco após as 16h e reaberta quase meia hora depois. O Centro de Operações Rio informou que a via já foi reaberta nos dois sentidos, na altura do Hospital do Fundão.

O trânsito ainda apresenta retenção no sentido Centro, da altura da BR-040 até o Fundão; e do Caju até São Cristóvão. Em direção à Baixada, há retenções da altura de São Cristóvão até o aeroporto internacional Tom Jobim.

A avenida Brasil segue sem interdição na altura da Maré e de Ramos. No sentido Centro, há retenções a partir de Ramos até o acesso à Ponte Rio-Niterói. Em direção à Zona Oeste, trechos de lentidão desde o Caju até Bonsucesso.

Na Linha Amarela, no sentido Fundão, há retenções desde a altura da saída 4, até o acesso para a Avenida Brasil.

Segundo a PM, o policiamento no entorno da comunidade foi reforçado pela presença de equipes do BPVE (Batalhão de Policiamento em Vias Expressas) e de outros batalhões da região: 16ºBPM (Olaria),17ºBPM (Ilha do Governador) e 22ºBPM (Maré).

*Estagiário do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas