Rio de Janeiro RJ: Acesso a Francisco Bicalho é reaberto na avenida Brasil neste sábado (2)

RJ: Acesso a Francisco Bicalho é reaberto na avenida Brasil neste sábado (2)

A mudança altera o trajeto de 63 linhas de ônibus, que retornam ao itinerário original, segundo a prefeitura

Av. Brasil está em obras para inauguração do BRT Transbrasil

Av. Brasil está em obras para inauguração do BRT Transbrasil

Reprodução/Record Rio

Será reaberta, neste sábado (2), às 8h, a pista lateral da avenida Brasil, no sentido centro, no trecho entre a rua Santos Lima e a avenida Francisco Bicalho, na zona portuária do Rio de Janeiro

Com a liberação da via, os veículos que passarem pela avenida Brasil, na altura do Caju, poderão seguir em direção ao centro, Tijuca e túnel Rebouças sem precisar usar o viaduto do Gasômetro.

De acordo com a Prefeitura do Rio, os motoristas podem voltar a utilizar a ligação direta entre a avenida Brasil e a avenida Francisco Bicalho.

O trecho estava fechado devido às obras para a inauguração do corredor do BRT Transbrasil, prevista para janeiro de 2024.

A mudança também altera o trajeto de 63 linhas de ônibus, que retornam ao itinerário original. (Veja abaixo)

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Assine a newsletter R7 em Ponto

Prefeitura espera alívio no trânsito

A pista lateral da avenida Brasil, no sentido centro, via por onde circulavam cerca de 13 mil veículos por dia antes das obras, se constituirá em uma alternativa viária, aliviando o Gasômetro, que se apresenta saturado, recebendo um volume médio de 7.200 veículos por hora, superando os 115 mil por dia por sentido.

Com a transferência parcial do fluxo veicular do Gasômetro para a pista lateral da avenida Brasil é esperada uma melhora na fluidez e, consequentemente, redução do tempo de viagem no acesso ao centro e às zonas norte e sul, de acordo com a prefeitura. 

O percurso liberado, em continuidade da pista lateral da avenida Brasil a partir do Caju, se utilizará das ruas Sá Freire, Conde de Leopoldina e avenida Brasil até a chegada na avenida Francisco Bicalho e terá capacidade para comportar 3.000 veículos por hora, podendo atingir cerca de 36 mil a 42 mil veículos por dia.

Reprodução/Record Rio

Linhas que terão o trajeto alterado

Linhas municipais que trafegam pela pista lateral da avenida Brasil: 210 (Caju–Candelária), 292 (Engenho da Rainha–Castelo), 300 (Terminal Sulacap–Candelária) 315 (Central–Recreio dos Bandeirantes), 324 (Ribeira–Candelária), 326 (Bancários–Candelária), 328 (Bananal–Candelária), 329 (Bancários–Candelária), 338 (Taquara–Candelária), 342 (Jardim América–Castelo), 343 (Jardim Oceânico–Candelária), SP-343 (Rio das Pedras–Candelária), 348 (Riocentro–Candelária), 349 (Rocha Miranda–Castelo), 352 (Riocentro–Candelária), 361 (Recreio dos Bandeirantes–Castelo), 362 (Honório Gurgel–Castelo), 378 (Marechal Hermes–Castelo), 380 (Curicica–Candelária), 384 (Pavuna–Passeio), 385 (Village Pavuna–Passeio), 386 (Anchieta–Candelária), 388 (Santa Cruz–Candelária), 393 (Bangu–Candelária), 394 (Vila Kennedy–Tiradentes), 397 (Terminal Campo Grande–Candelária), 399 (Pavuna–Passeio), 484 (Olaria–General Osório), 497 (Penha–Largo do Machado), 498 (Circular da Penha–Largo do Machado), SN328 (Bananal–Candelária), SN397 (Terminal Campo Grande–Candelária) e SN483 (Penha–General Osório).

Itinerário que as linhas fazem em virtude da interdição: rua Bela, rua Conde de Leopoldina, avenida Brasil, rua da Igrejinha, retorno, rua Santos Lima, Rua Benedito Otoni, rua São Cristóvão, praça Pedro II, avenida Pedro II, avenida Francisco Bicalho.

Novo itinerário a partir do dia 2/12: rua Bela, rua Conde de Leopoldina, avenida Brasil, avenida Brasil (pista adjacente ao Terminal Intermodal Gentileza), rua Francisco Bicalho.

Linhas municipais que trafegam pela pista central da Avenida Brasil: 2303 (Cesarão–Carioca), 2305 (Jardim América–Castelo), 2307 (Jardim 7 de Abril–Carioca), 2308 (Cosmos–Carioca), 2309 (Urucânia–Carioca), 2310 (Jardim Violeta–Candelária), 2336 (Campo Grande–Castelo), 2339 (Campo Grande–Castelo), 2380 (Jardim Maravilha–Castelo), 2381 (Pedra de Guaratiba–Castelo), 2383 (Sepetiba–Carioca), 335 (Cordovil–Tiradentes), 369 (Bangu–Candelária), 379 (Catiri–Tiradentes), 389 (Vila Aliança–Candelária), 395 (Coqueiros–Tiradentes), SR300 (Sulacap–Candelária), SR342 (Jardim América–Castelo), SR362 (Honório Gurgel–Castelo), SR378 (Marechal Hermes–Castelo), SR384 (Pavuna–Passeio), SR386 (Anchieta–Candelária), SR388 (Santa Cruz–Candelária), SR393 (Bangu–Candelária), SR394 (Vila Kennedy–Tiradentes), SR397 (Campo Grande–Candelária) e SR399 (Pavuna–Passeio).

Itinerário que as linhas fazem em virtude da interdição: avenida Brasil, rua da Igrejinha, retorno, rua Santos Lima, rua Benedito Otoni, rua São Cristóvão, praça Pedro II, avenida Pedro II, avenida Francisco Bicalho

Novo itinerário a partir do dia 2/12: avenida Brasil, avenida Brasil (pista adjacente ao Terminal Intermodal Gentileza), r. Rua Francisco Bicalho.

Últimas