Rio de Janeiro Adriana Ancelmo usou carteira de advogada para visitar Cabral

Adriana Ancelmo usou carteira de advogada para visitar Cabral

De acordo com a Seap, visitas ocorreram em fevereiro, mas foram consideradas irregulares por ela não atuar no processo do ex-governador

visitas adriana ancelmo

Adriana Ancelmo visitou Cabral irregularmente

Adriana Ancelmo visitou Cabral irregularmente

Reprodução/Record TV

A ex-primeira-dama do Rio de Janeiro, Adriana Ancelmo, usou sua carteira da OAB-RJ duas vezes para visitar o ex-governador Sérgio Cabral Filho, preso no Complexo de Gericinó, na zona oeste do Rio. A informação foi confirmada pela Seap (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária).

MP pede bloqueio de bens de Paes; ação apura prejuízos de R$ 10 mi

De acordo com a pasta, as visitas ocorreram no final de fevereiro e ela usou a prerrogativa de ser advogada para ver o marido.

Após identificar irregularidade na ação, já que Adriana não está legalmente habilitada no processo de Cabral, a pasta enviou um ofício ao juiz da VEP (Vara de Execuções Penais) que suspendeu a possibilidade de novas visitas.

Segundo a Seap, o credenciamento das visitas segue aberto, cumprindo o trâmite normal para familiares, em dias e horários determinados.