Rio de Janeiro Após prisão de boliviano, outra vítima denuncia falso dentista

Após prisão de boliviano, outra vítima denuncia falso dentista

Paciente afirma que desconfiou do suspeito durante consulta, em 2018, quando ele carimbou sua receita médica com o nome de uma mulher

  • Rio de Janeiro | Ana Beatriz Araújo, do R7*, com Record TV Rio

Após a prisão de um boliviano, na última quinta-feira (6), por exercício ilegal da profissão, uma segunda vítima apresentou novas denúncias contra o falso dentista.

Segundo a técnica em patologia, Rafaella Molinaro, ela procurou o suposto profissional em outubro de 2018 e estranhou quando ele carimbou sua receita com um nome feminino. Ela também relatou a falta de higiene do consultório.

Vítima alega que homem assinou sua receita médica com outro nome

Vítima alega que homem assinou sua receita médica com outro nome

Divulgação

“Vi que tinha algo de errado, comecei a indagar e ele ficou muito nervoso. Então, resolvi chamar uma viatura.”, contou em entrevista à Record TV Rio.

Polícia apreende 31 kg de drogas em casa do Norte Fluminense

Com a chegada da polícia, o boliviano tentou fugir e foi seguido pela própria vítima. A tentativa de fuga foi registrada por Rafaela que fez um boletim de ocorrência contra ele.

Com o constrangimento, a jovem investigou, por conta própria, os passos do suspeito e descobriu que ele tentou fazer um exame de revalidação para atuar no Brasil, mas foi reprovado.

“Ele tirou notas tão baixas que a faculdade nem sequer permitiu a ele uma complementação de estudos. Então, isso mostra que ele não tem capacitação para atuar no nosso país.”, disse Rafaela.

Apesar de ter sido preso em flagrante durante uma consulta em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, o falso dentista já está solto. A  vítima do boliviano já entrou com um processo contra ele e busca por justiça.

*Estagiária do R7 sob supervisão de PH Rosa

Últimas