Rio de Janeiro Após reunião, Carnaval 2021 do Rio continua com futuro indefinido

Após reunião, Carnaval 2021 do Rio continua com futuro indefinido

Liesa se reuniu com presidentes das 12 escolas do Grupo Especial, que optaram por aguardar alguns meses para decidir sobre adiamento da festa

  • Rio de Janeiro | Lucas Ferreira, do R7*, com Record TV Rio

Desfiles reúnem milhares de pessoas no sambódromo

Desfiles reúnem milhares de pessoas no sambódromo

Fernando Frazão/Agência Brasil

A Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro) e as escolas de samba do Grupo Especial - primeira divisão do Carnaval carioca - optaram na reunião desta terça-feira (14) por aguardar por alguns meses antes de decidir sobre o adiamento dos desfiles de 2021.

Rio: professora cria kit abraço para encontrar alunos durante pandemia

Apesar de postergar a decisão final, algumas escolas já admitiram que não é possível realizar o desfile na Marquês de Sapucaí sem uma vacina que tenha imunizado grande parte da população.

Ainda será discutido se o Carnaval 2021 poderá ser adiado ou até mesmo cancelado. Na Bahia, o prefeito de Salvador, ACM Neto, declarou que é possível que a festa na cidade seja levada de fevereiro pra junho, tempo que os especialistas consideram suficiente para a produção de uma vacina.

No Rio de Janeiro, a prefeitura da capital fluminense e o Governo do Estado ainda não se pronunciaram sobre o assunto. Por enquanto, festas e eventos que envolvam aglomerações continuam suspenso, apesar da flexibilização de bares e de outras atividades, por exemplo.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Ingrid Alfaya

Últimas