Rio de Janeiro Após ser preso injustamente, eletricista é solto no Rio

Após ser preso injustamente, eletricista é solto no Rio

A prisão foi revogada por falta de provas e suspeito não tinha antecedentes criminais

  • Rio de Janeiro | Irislayne Tavares, do R7*, com Record TV Rio

O eletricista Fábio Justino, preso injustamente há 12 dias, deixou nesta quarta-feira (23), o presídio Tiago Teles de Castro Domingues, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio.

Após ter sido reconhecido através de uma foto, por duas vítimas de um assalto, em Barra do Piraí, na Região Sul Fluminense, Fabio, de 50 anos, teve a prisão preventiva decretada.

Fábio foi preso após ter sido reconhecido por foto

Fábio foi preso após ter sido reconhecido por foto

Reprodução/ Record TV Rio

Segundo o TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro), a prisão foi revogada devido ao eletricista não ter antecedentes criminais, ter se apresentado à Justiça voluntariamente e por sua denúncia se basear apenas em uma foto.

Em entrevista à Record TV Rio, a esposa de Fábio contou que o marido nunca teve problemas com a Justiça, reforçando que seu marido é honesto e muito trabalhador.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Odair Braz Jr.

Últimas