Rio de Janeiro Baleia é encontrada morta na praia de São Conrado, na zona sul do Rio

Baleia é encontrada morta na praia de São Conrado, na zona sul do Rio

Comlurb localizou animal e acionou o Laboratório de Mamíferos Aquáticos e Bioindicadores da Faculdade de Oceonagrafia da Uerj

Laboratório de Oceanografia da Uerj vai recolher material para pesquisa

Laboratório de Oceanografia da Uerj vai recolher material para pesquisa

Divulgação/ Comlurb

Uma baleia foi encontrada morta na praia de São Conrado, na zona sul do Rio de Janeiro, na manhã desta quarta-feira (18). Apenas banhistas estavam no local no momento que o animal foi localizado.

A Comlurb (Companhia Municipal de Limpeza Urbana) informou que encontrou a baleia, que já estava morta, e acionou a Maqua (Laboratório de Mamíferos Aquáticos e Bioindicadores) da Faculdade de Oceonagrafia da Uerj (Universidade Estadual do Rio de Janeiro), que irá retirar material para análise, antes da companhia fazer o recolhimento do corpo.

De acordo com o pesquisador Rafael Carvalho, do Maqua, a baleia é do tipo jubarte, tem cerca de 8,7m e tem, no máximo, dois anos de idade. O pesquisador afirmou ainda que é comum, nessa época do ano, vermos baleias encalhadas pela costa do Rio de Janeiro porque é período de migração para reprodução.

"Nessa época é comum ver essas baleias passando pela nossa costa. Elas saem de águas mais geladas do Atlântico Sul, onde ficam as principais áreas de alimentação. Elas têm o propósito de migrar e alcançar principalmente as águas ao Norte do Espírito Santo e Sul da Bahia, onde fica a principal área de reprodução e elas realizam essa migração com essa finalidade (de reprodução). Ocorre de maio a novembro, geralmente", explicou.

*Estagiário do R7 sob supervisão de PH Rosa

Últimas