Cacique de aldeia guarani morre de covid-19 em Angra dos Reis (RJ)

Domingos Venite, de 68 anos, estava internado desde o dia 23 de junho. Ele era o líder da Aldeia Sapukai

Domingos Venite morreu vítima de covid-19

Domingos Venite morreu vítima de covid-19

Divulgação/Prefeitura de Angra dos Reis

O líder da comunidade indígena da Aldeia Sapukai, Domingos Venite, morreu na madrugada desta terça-feira (21) em Angra dos Reis (RJ) vítima de covid-19. Cacique Domingos tinha 68 anos e estava internado na Santa Casa da cidade desde 23 de junho. 

A Prefeitura de Angra decretou luto oficial de três dias pela morte do cacique.

Situada a cerca de 6 km da rodovia BR-101 (Rio-Santos) em uma região montanhosa cercada pela Mata Atlântica, a Aldeia Sapukai tem atualmente 420 habitantes guaranis, distribuídos em 80 famílias. Vários casos de indígenas com coronavirus foram diagnosticados nas últimas semanas na aldeia.