Rio de Janeiro Casa de festas que recebeu último show de MC Kevin é interditada 

Casa de festas que recebeu último show de MC Kevin é interditada 

Mansão Imperador, em Vila Valqueire, zona oeste do Rio, foi multada em R$ 14.060,72 por funcionar durante restrições

  • Rio de Janeiro | Rafael Nascimento, do R7 *

MC Kevin

MC Kevin

Reprodução/Instagram

A casa de festas que recebeu o último show do MC Kevin, um dia antes da morte do funkeiro, foi interditada pela Ivisa-Rio (Instituto Municipal de Vigilância Sanitâria), na noite desta quarta-feira (19). Kevin caiu do 5º andar de um hotel onde estava hospedado na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, no último domingo (16).

A Mansão Imperador, localizada na Vila Valqueire, na zona oeste, realizou o evento de forma clandestina, já que está proibido o funcionamento de casas de festa na cidade do Rio por conta da covid-19. Foi aplicada uma multa gravíssima ao estabelecimento, no valor de R$ 14.060,72.

Investigações

Os depoimentos dados até o momento indicam que a morte de MC Kevin foi acidental, conforme disse o delegado Antenor Lopes, diretor do DGPC (Departamento-Geral de Polícia da Capital) em entrevista ao Cidade Alerta, da Record TV Rio. Investigadores da 16ª DP (Barra da Tijuca) ainda aguardam o recebimento de laudos, como o da perícia no local e o exame toxicológico no corpo do cantor. O delegado disse ainda que as câmeras de segurança do hotel são analisadas para confrontar as versões apresentadas na delegacia.

Uma das linhas de investigação é de que o artista caiu ao tentar pular de uma sacada para outra supostamente para não ser surpreendido pela esposa, que estava no 13º andar do hotel. Kevin teve relação sexual com a modelo Bianca Domingues antes do acidente, informação confirmada pela própria mulher em depoimento.

Para o delegado Antenor Lopes, a mistura de álcool e entorpecentes, somado ao cansaço em razão de não ter dormido após um show, pode ter contribuído para a tragédia.

*Estagiário do R7 sob supervisão de PH Rosa

Últimas