Casal da milícia é preso por expulsar moradores de condomínio no Rio

De acordo com as investigações, os criminosos já expulsaram dez famílias do conjunto residencial em Santa Cruz, na zona oeste, para revender os imóveis

Suspeitos de extorquir e expulsar moradores são presos

Suspeitos de extorquir e expulsar moradores são presos

Reprodução

Um casal suspeito de envolvimento com a milícia foi preso por extorquir e expulsar moradores de um condomínio popular de Santa Cruz, na zona oeste do Rio, neste sábado (17).

De acordo com as investigações, os criminosos já expulsaram dez famílias do conjunto residencial para revender os imóveis. O preço cobrado para ocupar as unidades chegava a R$ 25 mil.

As investigações começaram depois que vítimas procuraram a 14ª DP (Leblon), na zona sul, com medo de sofrer retaliações por parte dos criminosos que atuam na zona oeste.

"Essa ação reflete o esforço da Polícia Civil em reprimir esses grupamentos criminosos relacionados a milícia", disse a delegada titular da 14ª DP, Natacha Oliveira, que contou com o apoio da Draco (Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas).

De acordo com a polícia, os suspeitos ficaram em silêncio. No entanto, foi possível obter cadernos com anotações de contabilidade que comprovam a prática por meio de busca e apreensão nos endereços.