Rio de Janeiro Castro fala em reconstrução do RJ no primeiro pronunciamento

Castro fala em reconstrução do RJ no primeiro pronunciamento

Governador tomou posse do cargo neste sábado (1º) após afastamento definitivo de Wilson Witzel

O governador do Rio, Cláudio Castro, falou em "pacto de reconstrução" para o Estado do Rio no primeiro pronunciamento no Palácio das Laranjeiras, na zona sul da capital, após tomar posse oficialmente do cargo na manhã deste sábado (1º).

Cláudio Castro fez pronunciamento no Palácio Guanabara

Cláudio Castro fez pronunciamento no Palácio Guanabara

Vanessa Libório / Record TV

Diante de aliados, Castro voltou a dizer que usará o diálogo em favor dele e que terá o compromisso de fazer um governo sério, transparente e ético nos próximos 20 meses.

"Desde de agosto, estamos melhorando a estrutura de controle interno, estamos melhorando a estrutura de compliance. Criei a Secretaria de Justiça para não deixar que erros do passado voltem a acontecer", afirmou Castro, reconhecendo que o Estado é visto com desconfiança, mas que o leilão da Cedae foi uma demonstração de um ponto de virada para o Rio. 

Após oito meses como interino, Castro assumiu o governo estadual no dia seguinte à decisão do TEM (Tribunal Especial Misto) de afastar definitivamente Wilson Witzel do cargo por desvios na Saúde durante a pandemia. Antes de Witzel, cinco ex-governadores do Rio de Janeiro estiveram na mira da Justiça, entre eles Sérgio Cabral, condenado por corrupção.

Governador tomou posse do cargo na Alerj

Governador tomou posse do cargo na Alerj

Divulgação/Alerj

Posse na Alerj

Mais cedo, Cláudio Castro participou de sessão na Alerj onde leu o juramento constitucional e assinou o termo de posse. Na cerimônia, o governador assumiu como principais compromissos a implementação do programa Supera Rio e a redução dos índices de violência.

Perfil de Claudio Castro

Nascido na cidade de Santos, Cláudio Castro tem 42 anos. Ele se torna o mais jovem governador do Estado do Rio desde a redemocratização. Castro é advogado, músico e evangelizador. Na carreira política, teve um mandato como vereador. Em 2018, foi eleito como vice-governador por Wilson Witzel.

Últimas