Rio de Janeiro Chega a 14 número de mortos após incêndio em hospital no Rio

Chega a 14 número de mortos após incêndio em hospital no Rio

Segundo informações da assessoria de imprensa do Hospital Badim, três óbitos foram confirmados entre a tarde de segunda (16) e a manhã de hoje

Incêndio deixou 14 mortos no Rio

Incêndio deixou 14 mortos no Rio

Tânia Rêgo/Agência Brasil

A direção do Hospital Badim confirmou, na tarde desta terça-feira (17), que número de mortos em decorrência do incêndio na unidade chegou a 14. Os últimos três óbitos ocorreram entre a tarde de segunda-feira (16) e a tarde de hoje.

De acordo com a assessoria, as duas últimas pacientes estavam internadas nos hospitais Israelita Albert Sabin e no Samaritano.

Nesta terça-feira (17), Yolandina Gaspar será sepultada no Cemitério de Inhaúma, zona norte do Rio, às 14h.

O delegado responsável pelo caso, Roberto Ramos, da 18ª DP (Praça da Bandeira), já constatou que o fogo começou no gerador do hospital. No entanto, a perícia vai solicitar que a empresa responsável pela manutenção do equipamento retire uma peça para análise com intuito de identificar a causa do incêndio.

Limpeza

Segundo a assessoria do Hospital Badim, cerca de 30 funcionários fazem nesta terça (17) um mutirão de limpeza e organização do prédio novo da unidade. Ele não foi afetado pelo incêndio do último dia 12, que atingiu apenas o prédio antigo.

O prédio não está interditado pela Defesa Civil, mas ainda não há previsão de retomada das atividades na unidade.