Rio de Janeiro Começa primeira audiência de Bruno Krupp, acusado de atropelar e matar adolescente no Rio

Começa primeira audiência de Bruno Krupp, acusado de atropelar e matar adolescente no Rio

Mãe de João Gabriel Cardim, de 16 anos, atua como assistente de acusação no processo; testemunhas devem ser ouvidas hoje

Bruno Krupp atropelou e matou um jovem de 16 anos

Bruno Krupp atropelou e matou um jovem de 16 anos

Reprodução/Instagram

Começou, nesta sexta-feira (11), a primeira audiência de instrução e julgamento do modelo Bruno Krupp, acusado de atropelar e matar um adolescente na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, em julho deste ano. A expectativa é que sejam ouvidas as testemunhas nesta sessão.

A mãe de João Gabriel Cardim, de 16 anos, atua como assistente de acusação no processo. Mariana Cardim estava com o filho quando o menino foi atingido na faixa de pedestres da avenida das Américas pela motocicleta conduzida por Bruno em alta velocidade. A vítima teve uma perna amputada em razão do impacto da batida e não resistiu aos ferimentos.

O réu foi denunciado pelo MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) por homicídio com dolo eventual, quando se assume o risco de matar. Segundo as investigações, Bruno também dirigia sem habilitação. Ele foi preso preventivamente (sem prazo) em agosto, após deixar um hospital particular na zona norte.

Últimas