Rio de Janeiro Corpo de motorista de aplicativo é achado carbonizado no RJ

Corpo de motorista de aplicativo é achado carbonizado no RJ

Bruno Antunes, de 30 anos, estava desaparecido desde sábado (3) quando saiu pra trabalhar, segundo a família

O corpo de um motorista de aplicativo foi encontrado carbonizado dentro do porta-malas do carro, no domingo (4), na comunidade Burco da Cobra, em Marambaia, em São Gonçalo, região metropolitana do Rio.

Bruno Antunes, de 30 anos, estava desaparecido desde sábado (3) quando saiu pra trabalhar, segundo a família. Ele saiu de casa, em Itaboraí, na mesma região às 5h, e, por volta das 18h, aceitou um chamado para o bairro Marambaia. De acordo com a esposa, ele não fez mais contato após esta corrida. 

Segundo informações do Disque Denúncia, familiares receberam uma mensagem anônima informando que Bruno teria sido sequestrado por criminosos de uma localidade conhecida como BNH, que fica no bairro do Sacramento, em São Gonçalo, após ser confundido com um miliciano.

A região dominada pelo tráfico de drogas sofreu um ataque de um grupo de milícia, na semana passada, em um carro com as mesmas características do que era usado pela vítima.

Breno tinha 30 anos

Breno tinha 30 anos

Divulgação/Disque-Denúncia

O corpo do motorista de aplicativo será enterrado, nesta terça-feira (6), no Cemitério Municipal São João Batista, em Itaboraí, às 14h.

A Polícia Civil informou que as investigações estão em andamento na Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG) e diligências seguem para apura o fato e identificar a autoria.

O Disque Denúncia recebe informações sobre o caso nos seguintes canais de atendimento:

WhatsApp do Portal dos Procurados: (21) 98849-6099
Telefone: (21) 2253 1177 ou 0300-253-1177
APP "Disque Denúncia RJ"
Facebook/(inbox): procuradosrj (mensagens)
Twitter: @PProcurados

Últimas