Rio de Janeiro Criança de quatro anos é estuprada na Taquara e suspeito está foragido

Criança de quatro anos é estuprada na Taquara e suspeito está foragido

Vítima foi socorrida ao hospital, onde precisou ser internada e recebeu 22 pontos internos e oito externos na região pubiana

estupro criança

Uma criança de apenas quatro anos foi estuprada na madrugada do último domingo (5) depois de ser deixada pela mãe na casa da patroa na Taquara, zona oeste do Rio de Janeiro. Segundo informações de familiares da vítima, a mãe é empregada doméstica e precisou deixá-la com os patrões para resolver problemas pessoais. Quando chegou ao local para buscar a menina, a mulher percebeu que ela estava mancando.

A criança foi socorrida e encaminhada ao hospital, onde precisou ser internada e passar por intervenção médica. Ela recebeu 22 pontos internos e oito pontos externos na região pubiana.

De acordo com o Disque Denúncia, após a comunicação do crime à polícia, a mãe e o padrasto do suspeito retiraram diversos objetos da casa e o ajudaram a fugir. O Portal dos Procurados está oferecendo uma recompensa de R$ 1.000 por informações que levem à prisão do homem, de 19 anos, que é considerado foragido.

A Justiça expediu um mandado de prisão contra o suspeito pelo crime de estupro de vulnerável, com pedido de prisão preventiva, com validade de 20 anos. A investigação está sob responsabilidade da 32ª DP (Taquara) e terá apoio da DCAV (Delegacia da Criança e Adolescente Vítima).  

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização do homem deve denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; Central de Atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177; através do Facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/; e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ.

Protesto

Amigos e familiares da criança se reúnem, na tarde desta quinta-feira (9), para realizar uma manifestação na estrada do Tindiba, na Taquara, zona oeste do Rio.

O objetivo do protesto, que está marcado para ocorrer às 18h, é de divulgar o crime cometido pelo homem de 19 anos.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

    Access log