Rio de Janeiro Crivella diz que prefeitura investiu em contenção de encostas 

Crivella diz que prefeitura investiu em contenção de encostas 

Em entrevista coletiva, prefeito do Rio destacou ações de combate às enchentes como prioridade nos dois primeiros anos de governo 

Crivella

Crivella acompanhou os trabalhos nas ruas

Crivella acompanhou os trabalhos nas ruas

JOSE LUCENA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO/07.02.2019

O prefeito Marcelo Crivella classificou como atípico o temporal que atingiu o município do Rio de Janeiro entre a noite de quarta-feira (6) e a madrugada de quinta (7). Ele ressaltou ainda que os estragos em decorrência da chuva poderiam ter sido maiores, caso o município não tivesse investido em ações de combate às enchentes nos últimos meses, como contenção de encostas e limpeza de bueiros.

"Nesses meus dois anos de governo, não sei se teve outro setor que nos preocupasse tanto quanto as contenções de encostas. Fizemos mais de 40 no ano passado, em um momento difícil para prefeitura em razão do déficit por conta dos Jogos Olímpicos, mas fizemos dezenas".

Sobe para 6 número de mortes causadas por temporal no Rio

O prefeito ainda determinou a realização de um estudo sobre as condições do solo da cobertura vegetal na encosta da avenida Niemeyer.

"A Niemeyer, talvez, seja o local onde mais se fez obras de contenção de encostas. Nasci naquela região e não me consta que tenha ocorrido um volume de solo de cobertura e árvores caindo como tivemos desta vez".

De acordo com as autoridades, a estação Vidigal, que fica próxima à avenida Niemeyer, registrou um volume de chuva de 90 mm em uma hora, quando 50 mm em uma hora já é considerado "muito severo".

O presidente da Geo-Rio afirmou que equipes com drones e rapel estiveram durante o dia na região para fazer uma avaliação sobre as obras necessárias após o deslizamento de terra.

O secretário de Infraestrutura e Habitação, Sebastião Bruno, informou que o ônibus soterrado na avenida Niemeyer, onde dois passageiros morreram, foi removido da via nesta tarde. Ele afirmou que o trabalho no local vai seguir pela madrugada com o objetivo de liberar a pista nesta sexta-feira (8).